Faixa Atual

Título

Artista

Background

Motelx

A 18.ª edição do MOTELX – Festival Internacional de Cinema de Terror de Lisboa já tem datas marcadas: 10 a 16 de setembro de 2024.

João Monteiro, co-director artístico e programador, falou com a TunetRádio sobre o 17.º MOTELX – Festival Internacional de Cinema de Terror de Lisboa.

“A Semente do Mal”, de Gabriel Abrantes, “Infinity Pool”, de Brandon Cronenberg e os 50 anos de “O Exorcista” são alguns os destaques do MOTELX 2023.

O Festival de Cinema de Terror de Lisboa – MOTELX começa hoje com a promessa de mais de cem filmes.

Filmes de Michel Hazanavicius e Dario Argento, e um livro sobre cinema português de terror são alguns dos momentos do próximo MOTELX.

O 15.º MOTELX – Festival Internacional de Cinema de Terror de Lisboa abre na terça-feira, com “The Green Knight”, de David Lowery, uma edição com “forte destaque” ao cinema português e que aborda os “fantasmas da Guerra Colonial”.

A programação deste ano do MOTELX – Festival Internacional de Cinema de Terror de Lisboa será marcada pela desconstrução de estereótipos de género e abordará os “fantasmas da Guerra Colonial”.

A 11.ª edição do Utopia, Festival de Cinema Português no Reino Unido, começa no sábado, aproveitando as limitações criadas pela pandemia de covid-19 para se expandir mundialmente, disponibilizando todas as sessões gratuitamente pela Internet.

Os filmes “Mata”, de Fábio Rebelo, e “Pelican Blood”, de Katrin Gebbe, foram premiados no Festival de Cinema de Terror de Lisboa – MoteLx, “num ano atípico e desafiante”, por causa da covid-19, revelou a organização.

O realizador japonês Takashi Miike, que dirigiu “Anjo ou Demónio”, um dos filmes eleitos de Quentin Tarantino, vai participar no Motelx, na sexta-feira, em live streaming.

O filme espanhol “Malasaña 32”, de Albert Pintó, abrirá, a 7 de setembro, o Motelx – Festival Internacional de Cinema de Terror de Lisboa, anunciou a organização.

Serão 12 os filmes em competição pelo maior prémio atribuído a curtas-metragens em Portugal, um número superior ao do ano passado apesar da disrupção causada pela pandemia. Regressam ainda as microCURTAS, filmadas exclusivamente com telemóvel ou tablet.