morreu

O ator Carlos Miguel, nome da comédia e do teatro de revista, conhecido como O Fininho, do antigo concurso “1, 2, 3” da RTP, morreu hoje, em Santarém, aos 77 anos, disse à agência Lusa fonte familiar.

O ator norte-americano Ned Beatty, um dos rostos mais conhecidos de filmes como “Deliverance”, “Superman” e “Os Homens do Presidente”, morreu no domingo, aos 83 anos, na sua casa, em Los Angeles, anunciou hoje a família.

O realizador e ator norte-americano Dennis Berry, que privou com alguns dos nomes da ‘Nouvelle Vague’, morreu no sábado em Paris aos 76 anos, revelou o agente à AFP.

O escritor português António Torrado, autor de mais de uma centena de obras literárias, em particular para a infância, morreu hoje em Lisboa, aos 81 anos, revelou à Lusa o escritor José Jorge Letria.

A investigadora portuguesa Leonor Riscado, especializada em literatura para a infância e juventude, morreu na sexta-feira aos 61 anos, revelou hoje o Plano Nacional de Leitura (PNL).

O cantor norte-americano B.J. Thomas, conhecido por sucessos como “Raindrops Keep Fallin’ On My Head” e “Hooked on a Feeling”, morreu no sábado, aos 78 anos.

Eric Carle, autor e ilustrador do livro infantil “A lagartinha muito comilona”, que encantou gerações de crianças e pais, morreu aos 91 anos no seu estúdio de verão em Northampton, Massachusetts.

O arquiteto Paulo Mendes da Rocha, Prémio Pritzker em 2006, morreu hoje aos 92 anos em São Paulo, onde estava internado, noticia o jornal brasileiro Folha de São Paulo.

A atriz brasileira Eva Wilma morreu este sábado, aos 87 anos, vítima de cancro, anunciam hoje os media brasileiros, referindo que a artista estava internada desde 15 de abril no hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo.

O coreógrafo e bailarino alemão Raimund Hoghe, que trabalhou em palcos portugueses e fez uma residência artística no Porto em 2018, morreu na quinta-feira, aos 72 anos, em Dusseldorf, na Alemanha.

A atriz Maria João Abreu, que morreu hoje, aos 57 anos, iniciou a carreira profissional no teatro, uma paixão que nunca abandonou, mas foi a televisão que lhe granjeou a popularidade, graças a produções como “Médico de família”.

O artista plástico Julião Sarmento, um dos mais internacionais artistas portugueses, morreu hoje, em Lisboa, aos 72 anos, confirmou à Lusa a galerista Cristina Guerra.


[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]