Faixa Atual

Título

Artista

Background

Monstra

O Festival de Animação de Lisboa Monstra vai dedicar a próxima edição ao cinema do Japão, revelou a organização.

O filme “ELO”, de Alexandra Ramires, venceu o prémio Sociedade Portuguesa de Autores (SPA) Vasco Granja para melhor curta-metragem portuguesa no Festival Monstra, anunciou a organização.

Uma longa-metragem, uma minissérie sobre democracia e liberdade, e várias curtas de um novo estúdio vão estrear-se em 2022, atestando a “vitalidade, jovialidade e diversidade” do cinema de animação português.

A Bélgica será o país convidado do Monstra – Festival de Animação de Lisboa, que começa a 21 de julho e que contará com perto de 500 curtas e longas-metragens de cinema animado, muitas em estreia nacional.

A 11.ª edição do Utopia, Festival de Cinema Português no Reino Unido, começa no sábado, aproveitando as limitações criadas pela pandemia de covid-19 para se expandir mundialmente, disponibilizando todas as sessões gratuitamente pela Internet.

A longa-metragem “A Fantástica Viagem de Marona”, da realizadora romena Anca Damian, é a vencedora do Grande Prémio do Monstra ao Vivo 2020 – Festival de Cinema de Animação de Lisboa, anunciou hoje o júri da competição.

A estreia mundial de quatro curtas-metragens e a entrega de um prémio à realizadora Regina Pessoa marcam hoje o retomar do Monstra – Festival de Animação de Lisboa em sala de cinema.

O Festival de Animação de Lisboa – Monstra, que foi adiado por causa da covid-19, volta às salas de cinema no dia 29 para celebrar 20 anos, com grande parte da programação que estava anteriormente pensada.

As curtas-metragens portuguesas “Tio Tomás, a Contabilidade dos Dias”, de Regina Pessoa, e “Purpleboy”, de Alexandre Siqueira, foram os vencedores do Prémio SPA/Vasco Granja atribuído pelo festival Monstra.

O Festival de Animação de Lisboa – Monstra cumpre vinte anos em março com uma edição retrospetiva e para celebrar a relação que criou com um milhão de espectadores.

Marionetas, desenhos, maquetas e adereços de vários filmes de animação do realizador norte-americano Tim Burton vão estar expostos a partir de 05 de fevereiro no Museu da Marioneta, em Lisboa, revelou o festival Monstra.

A curta-metragem portuguesa “Porque este é o meu ofício”, de Paulo Monteiro, venceu o Prémio Sociedade Portuguesa de Autores/ Vasco Granja para Melhor Curta-Metragem Portuguesa no Monstra – Festival de Animação de Lisboa. O festival, a decorrer em 18.ª edição desde 20 de março em Lisboa, termina no domingo, depois de exibir mais de 500 filmes de animação de todo o mundo, com uma grande fatia dedicada ao cinema do Canadá.