Faixa Atual

Título

Artista


IndieLisboa

O documentário “Summer of Soul”, sobre um festival de música e a comunidade negra em Nova Iorque em 1969, abre hoje o Festival Internacional de Cinema IndieLisboa.

O Festival Internacional de Cinema IndieLisboa, que começa no dia 21, volta a ser marcado pela pandemia, que afetou o calendário de festivais e a produção de cinema português, admitiu à Lusa o diretor e programador Miguel Valverde.

Doze filmes, entre os quais “Nous”, de Alice Diop, e “Les Sorcières de L’Orient”, de Julien Faraut, integram a competição internacional do Festival de Cinema IndieLisboa, que começa a 21 de agosto.

O festival de cinema IndieLisboa, que acontece entre 21 de agosto e 6 de setembro, vai exibir “Três Dias Sem Deus”, de Bárbara Virgínia (1923-2015), a primeira longa-metragem de ficção portuguesa realizada por uma mulher, no âmbito da secção “Director’s Cut em contexto”.

A competição internacional de curtas-metragens do festival de cinema IndieLisboa vai ser composta por 32 filmes que farão a sua estreia em Portugal no âmbito daquele evento, que acontece entre 21 de agosto e 6 de setembro.

O cinema do realizador colombiano Camilo Restrepo estará em destaque em agosto, no Festival de Cinema IndieLisboa, na programação “Silvestre”, dedicada à “descoberta de novas vozes arrojadas”.

O festival IndieLisboa abriu hoje o acesso ao Fundo de Apoio ao Cinema, destinado a projetos do cinema português em pós-produção.

A próxima edição do Festival Internacional de Cinema – IndieLisboa, que deveria começar a 29 de abril, foi adiada para agosto, em consequência das restrições do plano de desconfinamento em tempo de pandemia.

O Festival Internacional de Cinema IndieLisboa, marcado para a primavera, vai mostrar quase todo o cinema da realizadora francesa Sarah Maldoror, que morreu em 2020, revelou hoje a direção.

O festival de cinema de San Sebastián começa hoje em Espanha, condicionado pela covid-19, mas com a promessa de exibição da programação em sala, incluindo três filmes portugueses em competição.

O próximo IndieLisboa – Festival Internacional de Cinema de Lisboa decorrerá de 29 de abril a 9 de maio, revelou a organização.

O realizador Basil da Cunha quer fazer mais filmes num dos bairros degradados da Amadora, onde rodou “O Fim do Mundo”, porque “o cinema serve para inscrever comunidades que infelizmente estão na sombra na história de um país”.