Faixa Atual

Título

Artista

Background

Filipe Raposo

A partida da infanta Beatriz para Saboia, para se casar com Carlos III, dominam a ópera “As cortes de Júpiter”, inspirada em Gil Vicente, que se estreará em 05 de fevereiro, no Centro Cultural de Belém (CCB), em Lisboa.

A Casa das Artes em Vila Nova de Famalicão vai acolher uma exposição que traça o “percurso pelo cinema” de Manoel de Oliveira, reunindo “material exposto pela primeira vez”, de forma a retratar a visão de Comunidade do cineasta.

A próxima edição do Festival Internacional de Literatura e Língua Portugal, o Lisboa 5L, decorrerá de 4 a 8 de maio de 2022.

O pianista Filipe Raposo apresenta, na próxima sexta-feira, às 20:30, no Centro Cultural da Malaposta, em Olival de Basto, distrito de Lisboa, o seu mais recente álbum, “Øcre”, o primeiro de uma trilogia.

O Circo de Natal, no Coliseu do Porto, acontece de 11 de dezembro a 3 de janeiro, com um elenco português e uma orquestra a tocar ao vivo a banda sonora original de Filipe Raposo, para todos os números.

O fadista Camané, o cantor Salvador Sobral, o pianista Mário Laginha e o compositor António Pinho Vargas são alguns dos mais de 50 músicos que assinam uma carta aberta contra o racismo e a xenofobia.

O grupo de metais e percussão da Orquestra Sinfónica Portuguesa (OSP), sob a direção do maestro Pedro Neves, abre hoje, no Palácio Nacional da Ajuda, em Lisboa, o Festival ao Largo, com música de Dmitri Chostakovitch.

O pianista Filipe Raposo estreia, a 4 de julho, o Concerto para piano e orquestra de sua autoria, na rampa do Teatro das Figuras em Faro.

O Centro de Artes de Belgais, em Castelo Branco, adiou a programação de verão para 2021, incluindo um concerto de homenagem ao pianista Bernardo Sassetti.

O novo álbum de Vitorino, “Vem Devagarinho para a Minha Beira”, foi gravado com os pianistas João Paulo Esteves da Silva e Filipe Raposo, e é editado a 1 de maio.