Faixa Atual

Título

Artista


entrevista

O concerto de apresentação do disco “Os Imparáveis Tiroliro & Vladimir” acontece a 18 de fevereiro, no Titanic Sur Mer.

A estreia da segunda temporada do Piado do Pardal começa com uma entrevista. MWG é artista musical e lançou 199@, um EP que funde música e videojogos. Quis saber um pouco mais sobre este trabalho e acabámos por conversar sobre algumas memórias dos anos 90. Também disponível no Spotify: Instagram @piado_do_pardal mail: piadodopardal@gmail.com Logótipo criado por João […]

Tiago Rodrigues sente-se de “barriga cheia”, a pouco tempo de abandonar funções de diretor artístico do Teatro Nacional D. Maria II (TNDM II), em Lisboa, levando ainda “atravessada” a situação “penosa” que continua a pautar a coprodução em Portugal.

Neste episódio, o anfitrião recebe o Tiago Plutão. «Relativizar» é o seu disco de estreia e foi esse o ponto de partida para uma conversa sobre a génese do seu projeto. O músico revela detalhes da participação especial de Hélio Morais no seu álbum e há tempo também para desvendar pormenores dos bastidores dos seus telediscos.

A TunetRádio conversou com JP Simões – cantor, escritor e autor (Bloom, Belle Chase Hotel, Quinteto Tati…) – no contexto de atuação “totalmente dedicada ao espírito da canção de protesto” no primeiro dia do Festival Políticas à Parte, uma organização da Câmara Municipal de Arruda dos Vinhos, que decorre até ao dia 1 de maio.

A recém-empossada presidente da Fundação Côa Parque, Aida Carvalho, vai manter toda a equipa diretiva, dando continuidade aos projetos já iniciados, e prevê incrementar outras iniciativas com uma marca pessoal, ao longo da comissão de serviço.

Fomos conhecer a Vânia Fonseca, a fotógrafa do projeto Mulheres da Terra – fotografia terapêutica.

Fomos conhecer a Ana Nunes, a artista por detrás de Annah Crafts.

As bobinas com a gravação da entrevista de Amália Rodrigues ao escritor Manuel da Fonseca, que deu origem ao livro “Amália nas suas Palavras” são doadas na quarta-feira ao Museu do Fado, em Lisboa, anunciou a Porto Editora.

A realizadora portuguesa Ana Rocha de Sousa afirmou que os prémios conquistados no Festival de Cinema de Veneza, Itália, com a primeira longa-metragem significam que “valeu a pena a luta” para estar atrás das câmaras.

“Estou sempre envolvida na produção”, disse a cantora, em entrevista à Tunet Radio.

A cantora falou-nos sobre a sua tentativa de encontrar força no desalento.