arte

Mais de cem obras, de artistas como Banksy, Os Gêmeos, Invader, Vhils e Bordalo II (na foto de capa), estarão expostas a partir de quarta-feira, na Lx Factory, em Lisboa, na primeira edição do EMUA – Ephemeral Museum of Urban Art.

A Fundação EDP criou um novo fundo de aquisição de obras de arte contemporânea, de 100 mil euros, em resposta ao quadro de emergência provocado pela pandemia no setor da cultura, revelou a nova presidente, Vera Pinto Pereira.

A pintora portuguesa Paula Rego vai estar em destaque este verão no museu Tate Britain, em Londres, que confirmou uma grande retrospetiva da obra entre 07 de julho e 24 de outubro, um mês depois do previsto.

A organização da feira de arte ARCOlisboa decidiu atrasar para os dias entre 16 e 19 de setembro o certame previsto inicialmente para maio e realizá-lo na Doca de Pedrouços, o que permitirá descobrir “um novo e surpreendente espaço”.

O município transmontano de Alfândega da Fé volta a ser um polo da Bienal Internacional de Arte de Gaia, com uma exposição que reúne trabalhos de artistas como o fotógrafo britânico Michael Spencer Jones.

Perto de quatro em cada 10 trabalhadores independentes da Cultura são prestadores de serviços sem qualquer contrato, o que mostra a “informalidade das relações de trabalho”, segundo dados do Inquérito aos Profissionais Independentes das Artes e Cultura hoje revelados.

A quarta Bienal Internacional de Arte de Vila Nova de Gaia, marcada para 17 de abril a 20 de julho, vai decorrer em três pavilhões de uma antiga fiação de Cretuma, em Lever.

A figura do fadista Carlos do Carmo, que morreu no início do ano, vai ficar eternizada na freguesia de Alvalade, em Lisboa, através de um mural pintado pelo artista urbano Mário Belém.

O Museu Arpad Szénes-Vieira da Silva, em Lisboa, vai passar a exibir anualmente coleções privadas portuguesas e estrangeiras, e lançar um apoio à criação artística para jovens, anunciou o presidente da fundação que tutela o espaço museológico.

Doze escritoras e doze artesãs vão colaborar, na Póvoa de Varzim, distrito do Porto, para a criação de uma instalação artística, que pretende fundir o universo dos livros com a manufatura da tradicional camisola poveira.

O Museu Nacional de Arte Contemporânea, em Lisboa, criou um novo programa ‘online’ para manter contacto com o público em confinamento, através de conversas, glossário de arte, filmes e entrevistas a artistas, além de cursos gratuitos de desenho.

Obras em pintura, gravura, fotografia e desenho de artistas como Gabriel Abrantes, Alice Jorge e Luís Silveirinha foram doadas nos últimos meses ao Museu Nacional de Arte Contemporânea (MNAC), no Chiado, em Lisboa.


[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]