Faixa Atual

Título

Artista

Background

CRÓNICAS

Página:6

Depois de anos a ouvir falar deste videojogo, o anfitrião do podcast experienciou Alan Wake pela primeira vez. O episódio desta semana será uma review à versão remasterizada deste jogo para a Playstation 4. Como o Halloween está à porta, encarem este episódio como uma espécie de sugestão para a Noite das Bruxas.

Grand Theft Auto III foi lançado, nos Estados Unidos, há 20 anos. Por essa razão, o episódio desta semana é dedicado à franquia de videojogos mais marcante do século XXI. Há tempo para revisitar também outros títulos desta saga incluindo Vice City e San Andreas.

Neste episódio, o anfitrião do podcast partilha as suas primeiras impressões sobre o videojogo Metroid Dread para a consola Nintendo Switch. É o quinto capítulo da saga de ficção ciêntifica que começou há mais de 30 anos.

Neste episódio, o anfitrião do podcast fala sobre uma das franquias de videojogos mais épicas de sempre: Super Smash Brothers.

Neste episódio, João Pardal debruça-se sobre a saga 007 e partilha memórias pessoais relacionadas com os filmes. Há tempo também para recordar uma ida ao cinema que acabaria por se tornar inesquecível.

A estreia da segunda temporada do Piado do Pardal começa com uma entrevista. MWG é artista musical e lançou 199@, um EP que funde música e videojogos.

Já dizia a personagem de Philip Seymour Hoffman no filme «Almost Famous» que: “a verdadeira música é que nos escolhe e não o contrário!”. É possível que com a verdadeira literatura isso também aconteça.

No último episódio da primeira temporada do Piado do Pardal, o anfitrião fala sobre o primeiro jogo da franquia Max Payne. Fala da sua experiência pessoal com o videojogo destacando um momento perturbador em particular. Tão perturbador que tem que recorrer a um meme do Final Fantasy para aliviar o clima tenso.

Nesta semana, o anfitrião do podcast dá a sua opinião sobre dois filmes e de uma série que viu nestes últimos tempos: Bem Bom, Loki e Space Jam. Apesar do episódio ser composto por mini-reviews, há oportunidade de incluir referências à cultura pop como um momento sui generis do Dragon Ball e até o mítico programa Templo dos Jogos.

Neste episódio, o anfitrião recebe Ana Duarte, fundadora e diretora criativa da página ContraBanda.pt Para além da apresentação do seu projeto de divulgação cultural, houve espaço para a convidada partilhar histórias relacionadas com uma das suas paixões de sempre: a música.

A discriminação só se pode compreender quando passamos por ela? Ou a discriminação está fadada a ser sentida por aqueles que sempre observaram a sua existência? Por quem observa. Como ignorar o grande monstro de que fazemos parte, uma vez observado?

O primeiro jogo do Sonic foi lançado há 30 anos. Por essa razão, o anfitrião do podcast faz uma viagem ao passado e recorda a sua experiência com o ouriço mais conhecido da cultura pop.