Faixa Atual

Título

Artista

Background

Festa do Cinema Italiano em Lisboa até 21 de abril

Escrito por em 12/04/2024

O filme “Ainda temos o amanhã”, de Paola Cortellesi, um dos maiores sucessos de bilheteira de 2023 em Itália, abre hoje a Festa do Cinema Italiano em Lisboa.

De acordo com a organização, o filme, primeira longa-metragem realizada pela atriz Paola Cortellesi, será exibido nas três salas do cinema São Jorge, com lotação já esgotada. “Ainda temos o amanhã” presta “um tributo aos feitos extraordinários de muitas mulheres comuns que, sem suspeitarem, contribuíram para a construção de uma sociedade mais igualitária” e tem estreia comercial em Portugal a 9 de maio.

A Festa do Cinema Italiano, apresentado como “o acontecimento mais importante em Portugal dedicado à cultura italiana”, irá até 21 de abril em Lisboa, mas a programação estender-se-á até junho a mais de 15 cidades portuguesas, como Almada, Alverca, Barreiro, Beja, Funchal, Leiria, Loulé e Sardoal.

Este ano, entre os convidados está a atriz e realizadora Jasmine Trinca para apresentar “La Nouvelle Femme”, de Léa Todorov, no qual interpreta a pedagoga Maria Montessori, e a série “La Storia”, de Francesca Archibugi.

Por Lisboa vai passar ainda o ator Riccardo Scamarcio, por conta do filme “A sombra de Caravaggio”, de Michele Placido e no qual interpreta o papel daquele pintor italiano. O filme “Comandante”, de Eduardo de Angelis, que abriu em 2023 o Festival de Cinema de Veneza, também faz parte das escolhas da Festa do Cinema Italiano, e a sessão contará com o argumentista e escritor Sandro Veronesi.

A Festa do Cinema Italiano vai ainda associar-se aos 50 anos da revolução de 25 de Abril de 1974 e assinalar um outro 25 de abril, aquele que em Itália é considerado o dia do fim da ocupação nazi, em 1945.

A Cinemateca Portuguesa acolhe 11 obras italianas, que “pretendem refletir sobre as conquistas democráticas em Itália e celebrar os valores da liberdade e resistência”. A programação da 17.ª Festa do Cinema Italiano termina em Lisboa com o filme “Confidenza”, de Daniele Luchetti, a partir de uma obra do autor Domenico Starnone.