Faixa Atual

Título

Artista

Background

Selma Uamusse e Legendary Tigerman atuam no Burning Summer

Escrito por em 19/07/2023

Selma Uamusse, The Legendary Tigerman, Club Makumba, Arp Frique, Mirror People e Filipe Karlsson são os destaques do Eco Festival Azores Burning Summer que acontece de 23 a 26 de agosto na Praia dos Moinhos, Porto Formoso, em São Miguel.

O Eco Festival Azores Burning Summer tem lugar desde 2015 na praia dos Moinhos – Porto Formoso, um “lugar especial, marcado por uma beleza natural distinta e por um legado de bons momentos vividos por várias gerações”, lê-se na nota de imprensa.

O festival não pretende ser um evento musical de “massas”, mas sim um evento de acesso “equilibrado”, com reduzido impacto ambiental, que “valoriza a qualidade da experiência por parte do público e a sua relação com a natureza envolvente”.

A conjugação de um programa artístico e cultural de dimensão internacional com um posicionamento “ecofriendly” preenche os padrões da procura atual, indo ao encontro de um “emergente turismo consciente, onde os lugares não massificados e o empenho na defesa ambiental são sinónimo de qualidade e sustentabilidade”.

Música, cinema, debates, ecodesign, veículos elétricos, “land art”, saúde e ações comunitárias são os ingredientes que fazem deste eco festival a “combinação perfeita entre a natureza e o seu público”.

Durante 4 dias, cerca de 60 artistas regionais, nacionais e internacionais sobem aos três palcos do festival. Juntos contribuem para a “definição da identidade musical do evento que transpira” world music, soul, jazz, dub, funk e outros estilos da música negra. A direção musical resulta da parceria entre Filipe Tavares, fundador e diretor do Festival, e Adrian Sherwood, anfitrião do evento.

Na praia dos Moinhos decorre a programação Moinhos Revival que pretende “resgatar o espírito de uma época onde a liberdade, a amizade e o culto pela boa música viveram lado a lado naquele areal”. A programação, de acesso gratuito, estende-se por quatro dias no palco Nos com cinema ao ar livre, DJ sets e concertos que terminam em jam sessions que ligam os músicos convidados aos músicos locais. Na última madrugada do festival, o público é convidado a descer até à praia para presenciar a instalação de fogo “Burning Love” e contemplar o nascer do sol.

No parque dos Moinhos atuam as principais atrações do cartaz. O relvado em declive forma um anfiteatro natural perfeito, resultado da recuperação ambiental que tem sido promovida pela organização do festival ao longo dos anos. No intervalo entre os concertos no Palco Principal, o público dirige-se para a tenda montada no cimo do relvado para assistir aos DJ sets no Palco Tropical. A música e a diversão são constantes.

Em 2023, a organização do festival irá implementar o mesmo modelo de acessibilidades das edições anteriores, com a disponibilização de parques de estacionamento periféricos e serviço de shuttle reforçado com mais viaturas e horário alargado, que farão a ligação à praia e ao parque dos Moinhos.

Além do programa musical, o Azores Burning Summer aposta também na vertente ecológica, cultural e social. Com o objetivo de despertar a consciência ecológica coletiva, a organização implementa diversas medidas e práticas que levam à “mudança de comportamentos, que por sua vez resultam na redução do desperdício e alteração dos hábitos de consumo”. Iniciativas como o Eco Market (feira de ecodesign e produtos naturais), a Expo Veículos Elétricos (exposição de diversos modelos de veículos eléctricos e híbridos) e as Eco Talks (debates com temáticas sócio-ambientais) marcam esta vertente de sensibilização ambiental do festival.

Abrir portas à reflexão é o desígnio da iniciativa Cinema Na Praia, com duas noites de cinema ao ar livre na esplanada do Moinho Terrace Café na praia dos Moinhos. Este ano serão exibidos os filmes “Entre Ilhas” de Amaya Sumpsi sobre a navegação no arquipélago dos Açores e “Cesária Évora” de Ana Sofia Fonseca sobre a diva cabo-verdiana.

Em 2023, o festival prossegue com os programas comunitários Vive e Habitat em parceria com a junta de freguesia e a paróquia do Porto Formoso. Com o objetivo de “reforçar a responsabilidade social, estreitar os laços com a comunidade local e incentivar à consciencialização do indivíduo a ser um agente ativo e responsável pela sua saúde, o festival Azores Burning Summer aposta, mais uma vez, no programa de saúde comunitária – Vive”. Esta segunda edição decorrerá de 7 a 13 de agosto, dirigida a toda a população residente da ilha de São Miguel e, de forma especial, à população do Porto Formoso. Toda a programação é de acesso gratuito e foi cuidadosamente selecionada, segundo 3 eixos de ação:

– “Promoção da Literacia em Saúde, através da dinamização de workshops na área da nutrição, medicinas complementares e psicologia integral
– Promoção da Atividade Física e Combate à obesidade, através das mudanças do comportamento alimentar e dinamização de atividades promotoras de exercício físico, como aulas de treino funcional
– Promoção da Saúde Mental & Desenvolvimento pessoal, através de atividades experienciais e de autoconhecimento (como o Laboratório Teatral – chamado “Trincar a Terra”), bem como do desenvolvimento das terapias corpo-mente, nomeadamente sessões de yoga, pilates e de meditação em movimento”

O programa Habitat visa fortalecer o sentimento de pertença e o gosto pelo lugar onde se vive, através da valorização e preservação da história, das vivências e tradições, do património cultural e natural.

Numa colaboração entre o Okeanos – Instituto de Investigação em Ciências do Mar, no âmbito do projeto Monipol, financiado pela Direção Regional das Pescas, e o Observatório do Mar dos Açores através do projeto “Conhecer para decidir”, financiado pela Direção Regional da Ciência e Tecnologia, o Azores Burning Summer traz à freguesia do Porto Formoso o projecto “Detetives marinhos – conhece o peixe que comes”, com atividades e jogos para os mais novos. Esta iniciativa irá decorrer entre 23 e 25 de agosto.

“Apesar de rodeadas pelo Oceano Atlântico, as crianças ainda têm alguma dificuldade em conhecer e distinguir os peixes que por aqui navegam. Quais serão as diferenças entre o Imperador e o Alfonsim? Será que os peixes comem todos o mesmo? Será que os encontramos todos à mesma profundidade? Para descobrir, aventura-te e transforma-te num detetive marinho!”

O Eco Festival Azores Burning Summer foi vencedor nacional no “Iberian Festival Awards” na categoria “melhor contributo para a sustentabilidade” e vencedor regional nos Prémios “Espírito Verde” do Governo dos Açores na categoria “Economia circular, verde e azul” – O Azores Burning Summer tornou-se no primeiro e único evento dos Açores a obter a certificação “Evento Mais Sustentável” atribuída pela SGS Portugal.

Em 2023 o festival voltou a ser distinguido internacionalmente no “Iberian Festival Awards” em seis categorias: melhor festival de média dimensão, melhor programa cultural, melhor recepção e hospitalidade, melhor recinto de espetáculos, melhor contributo para a sustentabilidade e melhor contributo para a igualdade.

Segundo a Cision, o Azores Burning Summer é o evento musical do concelho da Ribeira Grande com “maior projeção mediática, tendo registado o valor recorde de 19,3 milhões de impressões (audiência acumulada) e um valor equivalente em publicidade (AVE) estimado em 532 mil euros. Este é um sinal claro de retorno ao investimento que tem sido promovido pela Autarquia da Ribeira Grande, Governo dos Açores e restantes patrocinadores”. Com o objetivo de contribuir para a economia local, a organização “garante” que, em todas as edições, 80% do investimento realizado no festival destina-se a entidades, empresas e profissionais da Região Autónoma dos Açores.

PROGRAMA

23 de agosto (quarta-feira, acesso gratuito)

Praia dos Moinhos
20:00 DJ Set – Las Mákinas
22:00 Cinema na Praia – “Entre Ilhas” de Amaya Sumpsi
00:00 Fim

24 de agosto (quinta-feira, acesso gratuito)

Praia dos Moinhos
20:00 DJ Set – Zelecta
22:00 Cinema na Praia – “Cesária Évora” de Ana Sofia Fonseca
00:00 Fim

26 de agosto (sexta-feira)

Praia dos Moinhos
16:00 DJ Set – Piu Piu
18:00 Moinhos Revival by Duo Atlântico & Isa B
20:00 Fim

Parque dos Moinhos
20:00 DJ Set – Esses Céus
21:30 Club Makumba
22:30 DJ Set – Isilda Sanches
23:30 Selma Uamusse
00:45 DJ Set – Mesquita & Laura
01:45 Arp Frique
03:00 DJ Set – Milhafre
04:00 Fim

27 de agosto (sábado)

Praia dos Moinhos
16:00 DJ Set – Nex
18:00 Moinhos Revival by Manel The Island Man & Friends
20:00 Fim

Parque dos Moinhos
20:00 DJ Set – Galopim + Quaresma / Antena 1
21:30 Filipe Karlsson
22:30 DJ Set – Novo Major
23:30 The Legendary Tigerman
00:45 DJ Set – Residente – Adrian Sherwood
01:45 Mirror People
03:00 DJ Set – Pedro Tenreiro
04:00 Fim

Praia dos Moinhos
04:00 “Burning Love” Instalação de fogo na praia dos Moinhos
06:00 Fim

BILHETES (online)
De 15 a 30 de junho – Passe Geral 25€ / Bilhetes diários 15€

BILHETES (online / pontos de venda)
De 1 de julho a 24 de Agosto – Passe Geral 30€ / Bilhetes diários 20€

BILHETEIRA (recinto do festival)
26 e 27 de Agosto – Bilhetes diários 25€

Venda online: azoresburningsummer.com / seetickets.com

Pontos de Venda:
Ribeira Grande: D’Quina ( Mercado Municipal)
Porto Formoso: Moinho Terrace Café
Ponta Delgada: Livraria Solmar

Marcado como