Faixa Atual

Título

Artista

Background

Desvendados os compositores do Festival da Canção 2023

Escrito por em 09/11/2022

April Ivy, Bárbara Tinoco, Dapunksportif, Teresinha Landeiro, Neon Soho, Jacinta e Ivandro estão entre os convidados a comporem temas para o Festival da Canção 2023, cujo vencedor irá representar Portugal no Festival Eurovisão da Canção, anunciou hoje a RTP.

“A RTP apresentou hoje os 20 autores da 57.ª edição do Festival da Canção. Como havia sido comunicado, a RTP convidou 16 autores e os restantes quatro chegariam através da Livre Submissão de Canções. Há poucos dias um dos 16 autores convidados teve um imprevisto pessoal que o impedirá de estar presente no Festival da Canção 2023. Assim, a RTP decidiu admitir cinco candidaturas provenientes da livre submissão de canções”, lê-se num comunicado hoje divulgado pela estação pública.

Este ano, a RTP convidou a comporem canções: André Henriques (vocalista dos Linda Martíni), April Ivy, Bandua, Bárbara Tinoco, Churky, Cláudia Pascoal, Dapunksportif, Ivandro, Jacinta, Neon Soho, Quim Albergaria (um dos bateristas dos PAUS), SAL, Teresinha Landeiro, The Happy Mess e You Can’t Win Charlie Brown.

Os cinco compositores escolhidos através de concurso são Edmundo Inácio, Inês Apenas, Mimicat, Moyah e Voodoo Marmalade. A 57.ª edição do Festival da Canção irá decorrer em fevereiro e março de 2023, repartida, como habitualmente, em duas semifinais e final.

O tema vencedor irá representar Portugal no 67.º Festival Eurovisão da Canção, que irá acontecer em Liverpool, no Reino Unido, em maio de 2023. As duas semifinais estão marcadas para os dias 9 e 11 e a grande final para o dia 13.

A Ucrânia venceu, em maio, o 66.º Festival Eurovisão da Canção, em Turim, Itália, com o tema “Stefania”, interpretado pela Kalush Orchestra. Por ter vencido o concurso, a Ucrânia deveria ser no próximo ano o país anfitrião, tal como aconteceu em 2005 e 2017.

No entanto, em 17 de junho, a organização anunciou que aquele país não iria acolher o concurso em 2023, devido à invasão da Rússia. A Ucrânia, como país vencedor deste ano, estará automaticamente classificada para a Grande Final em 2023, juntando-se aos chamados “Big Five”: França, Alemanha, Itália, Espanha e Reino Unido.

A 66.ª edição do festival, que se realiza anualmente na Europa desde 1956, incluía inicialmente 41 países, mas a EBU anunciou em 25 de fevereiro, um dia após a invasão da Ucrânia, que a Rússia iria ficar de fora.

A vitória da Ucrânia, a terceira na Eurovisão, deveu-se essencialmente à votação popular, não tendo o Reino Unido, que venceu na votação dos júris nacionais, conseguido ultrapassar os 631 votos da Ucrânia, 439 deles dados pela votação popular.

Este ano, Portugal alcançou o nono lugar, uma posição que já tinha obtido em duas outras competições, com a canção “Saudade, Saudade”, composta e interpretada por Maro.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta