Faixa Atual

Título

Artista

Background

A Cor do Som estreia-se na terça-feira em Portugal

Escrito por em 03/08/2022

O grupo brasileiro A Cor do Som, com 45 anos de carreira, distinguido com um Grammy Latino no ano passado, estreia-se no dia 09 de agosto em Portugal, com um concerto em Cascais.

Grupo brasileiro, que mantém a mesma formação até à atualidade, desde a sua fundação, estreia-se no Festival Sunset Music Brasil, que se realiza na Casa da Guia, em Cascais. Com os seus 45 anos de carreira, o grupo tem assinalado vários êxitos, alguns que fizeram parte de bandas sonoras de séries televisiva e telenovelas.

Alguns autores, como Caetano Veloso e Gilberto Gil, respetivamente, compuseram para o grupo canções como “Menino Deus” e “Palco”. Os “A Cor do Som” são Dadi (baixista), para quem Caetano escreveu “Menino do Rio”, que fez parte da banda sonora da telenovela “Dancing Days”, Mu Carvalho (pianista), compositor de sucessos da banda como “Semente do Amor” e “Alto Astral”, Armandinho (bandolim e guitarra baiana), Ary Dias (percussão) e o baterista Gustavo Schroeter.

A banda começou a ser o apoio musical do grupo brasileiro Novos Baianos e, a partir de 1975, do músico Moraes Moreira (1947-2020), saído dos Novos Baianos. Em 1977, a banda A Cor do Som decidiu encetar uma carreira autónoma, muito influenciada pelo o movimento pós-tropicalista.

Fora do Brasil, o grupo fez parte, em 1978, do cartaz do Festival de Jazz de Montreux, na Suíça, atuação registada num álbum. O grupo voltou ao palco do festival em 2020.

Em 2018, o grupo apresentou o álbum “Rosa”, totalmente instrumental que, no ano passado, venceu o Grammy Latino para o Melhor Álbum de Rock/Música Alternativa em língua portuguesa. O Festival prossegue com o coletivo Rua das Pretas, de Pierre Aderne, no dia 13 de setembro, e Mart’nália, a 11 de outubro.

Marcado como

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta