Faixa Atual

Título

Artista

Background

Annabela Ritta recebe Prémio Literarte/2022

Escrito por em 25/07/2022

A investigadora de literatura Annabela Ritta recebeu o Prémio Literarte/2022 e a Medalha de Destaque Literário/2022, com “certificado de Homenagem, Honra, Mérito e Valor”, da associação brasileira Literarte, anunciou hoje a instituição.

Professora na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, Annabela Rita foi distinguida “pelo relevante trabalho desenvolvido no ano de 2022 no âmbito sociocultural”. A Associação Internacional de Escritores e Artistas do Brasil-Literarte foi fundada em 2010 pela escritora Izabelle Valladares e um grupo de artistas e, segundo informação disponibilizada no seu sítio na Internet, “nasceu da necessidade dos escritores e artistas apresentarem as suas criações ao público alvo, e de divulgar a sua produção ao mundo”.

“A Literarte nasce com a energia de seus fundadores e com a expectativa de fazer grande diferença no mundo cultural para seus associados. A Literarte apadrinha 250 bibliotecas no Brasil e no mundo e já doou mais de cem mil livros para projetos e ações sociais, tanto dela quanto de entidades parceiras”.

Annabela Rita é doutorada em Literatura Portuguesa Moderna e Contemporânea, dirige o Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias (CLEPUL), preside à Associação Portuguesa de Tradutores e é administradora do Observatório da Língua Portuguesa.

Autora de diversos livros, destacam-se entre eles títulos como “Eça de Queirós Cronista. Do Distrito de Évora (1867) às Farpas (1871-72)” (1998), “Labirinto Sensível” (2003), “No Fundo dos Espelhos” (2003-07), “Breves & Longas no País das Maravilhas” (2004), “Emergências Estéticas” (2006), “Itinerário” (2009).

Annabela Rita coordenou as obras “Teolinda Gersão: Retratos Provisórios” (2006), “De tempos a tempos. Júlio Conrado” (2008), “Homem de Palavra. Padre Sena Freitas” (2008) e “Rui Nunes. Antologia Crítica e Pessoal” (2009).

O trabalho da investigadora tem sido regularmente distinguido. Em abril passado, recebeu o Prémio Literário Jules Verne, atribuído pela Academia Luminescense de Devoção às Artes, de Nantes, em França, a “Certificacion de Homenaje, Honor, Merito y Valor”, pelo pelo Círculo de Escritores da Galiza, “pelo importante trabalho desenvolvido no ano passado, no âmbito social e cultural”, com a atribuição do estatuto de “membro académico internacional” do Círculo.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta