Faixa Atual

Título

Artista

Background

ZêzereArts em Tomar, Batalha, Ferreira do Zêzere e Ourém

Escrito por em 11/07/2022

O festival de música erudita ZêzereArts regressa este mês ao seu formato habitual, fundindo pedagogia, música e património, com cursos para músicos e oferta de concertos, recitais e espetáculos de ópera em “lugares emblemáticos” de quatro concelhos.

Decorrendo em espaços como o Convento de Cristo, em Tomar, o Mosteiro da Batalha, a vila histórica de Dornes, em Ferreira do Zêzere, ou, pela primeira vez, o Castelo de Ourém, o ZêzereArts arranca quinta-feira, em Tomar, com o início do Curso Profissional de Direção Coral, Canto Lírico e Coral, estando o primeiro recital de canto lírico agendado para dia 19, às 21:00, no Centro Cultural de Ferreira do Zêzere.

O festival, que tem marcado a agenda cultural de verão na região há 12 anos, regressa nesta edição ao formato habitual depois dos condicionamentos sofridos em 2020 e 2021, devido à pandemia da covid-19, refere um comunicado de divulgação do evento.

Criado em 2011 pelo maestro irlandês Brian MacKay, em Ferreira do Zêzere (distrito de Santarém), o festival, desde o início focado na formação de estudantes de música, jovens músicos e amadores, foi alargando a sua área de intervenção, chegando este ano pela primeira vez ao concelho de Ourém.

Todos os espetáculos e apresentações são de entrada gratuita e resultam “da forte aposta na formação de músicos com professores altamente qualificados nacionais e internacionais”, salienta a organização.

O Convento de Cristo vai receber “dois grandes concertos”, o primeiro, no dia 22, às 22:00, “Nordic Sun”, programa coral do Maestro Kaspars Putninš, e o segundo, de coro com orquestra, no dia 23, às 19:00, no Claustro D. João III, “Te Deum Laudamus”, o célebre hino litúrgico de Charpentier, um dos concertos integrados na Temporada Portugal França 2022, fruto da parceria da produtora Musicamera, acrescenta.

Ainda em Tomar (distrito de Santarém), no dia 20, o Ensemble Pulcinella junta-se ao Coro ZAVE (ZêzereArts Vocal Ensemble), para um concerto na Igreja de Nossa Senhora da Graça, em que será executada música portuguesa, a “Missa em Sol Maior”, de Carlos Seixas, estando marcados para o Cineteatro Paraíso os concertos “Violoncelo no Coro”, a 27 de julho, e um recital de cordas, no dia seguinte.

As Capelas Imperfeitas do Museu da Batalha (distrito de Leiria) recebem, no dia 28, dezenas de violinistas, violetistas, violoncelistas e contrabaixistas, para a apresentação final do Curso de Cordas.

A Ferreira do Zêzere o festival leva, além do recital de canto lírico, no Centro Cultural (dia 19), o espetáculo “Coro dos Maestros”, no dia 21, “na notável povoação de Dornes, numa das mais belas igrejas portuguesas, a Igreja de Nossa Senhora do Pranto”.

Na sua estreia no festival, Ourém vai acolher, no dia 24, no Teatro Municipal, a apresentação do novo projeto Estágio Orquestra Jovem, para jovens músicos (dos 9 aos 18 anos), sobretudo locais, sob direção de João Paulo Fernandes.

No dia 29, o “belíssimo castelo” de Ourém receberá o Ensemble de Violoncelos e um Sexteto com os professores do ZêzereArts, acrescenta. No âmbito da formação, o Curso Profissional de Direção Coral, Canto Lírico e Coral, este ano, além de Brian MacKay, conta com Geert Berghs e Kaspars Putniņš como professores convidados, decorrendo os Cursos de Cordas de 23 a 31 de julho, com os músicos Eliot Lawson, Luís Pacheco Cunha, Catherine Strynckx e Adriano Aguiar, e o maestro Stephen Bryant.

Tomar vai acolher, a partir de sábado, aulas individuais de canto e uma residência artística da Musicamera, produtora de música erudita que assumiu a gestão do festival e que é parceira da Temporada Portugal França, evento que, até outubro, celebra a cultura dos dois países, afirma a nota.

Neste âmbito, o festival contará com a presença do Ensemble Pulcinella, um agrupamento barroco dirigido por Ophélie Gaillard, que irá orientar uma Academia Barroca, a qual culminará com uma atuação que juntará alunos e elementos de “um dos ensembles de cordas mais relevantes da atualidade”.

O Concerto de Gala com a Orquestra do ZêzereArts vai realizar-se no dia 30 de julho, às 21:00, na Igreja Matriz de Areias, no concelho de Ferreira do Zêzere, estando o concerto final marcado para o dia seguinte, às 19:00, no Claustro D. João III, no Convento de Cristo, em Tomar.

Marcado como

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta