Faixa Atual

Título

Artista

Background

Mónica Calle estreia novo espetáculo em Viena

Escrito por em 14/06/2022

A atriz e encenadora Mónica Calle vai estrear o seu mais recente espetáculo, “Só Eu Tenho a Chave Desta Parada Selvagem”, em Viena, na Áustria, na quinta-feira, anunciou hoje a companhia Casa Conveniente.

A estreia acontece no âmbito do festival Wiener FestWochen, onde também serão apresentados os espetáculos “Idiota”, de Marlene Monteiro Freitas (que o estreou em Bruxelas em maio e vai levar em digressão a Espanha, Cabo Verde e França), e “Depois do Silêncio”, de Christiane Jatahy.

De acordo com a sinopse do espetáculo de Mónica Calle, em “Parada Selvagem” Calle “continua a explorar a relação entre música e corpo”, no seguimento do trabalho realizado em “Ensaio para uma Cartografia”, de 2017.

Nesta nova peça, a primeira que Calle e a Casa Conveniente estreiam fora de Portugal, é apresentado “um elenco totalmente masculino composto por 15 intérpretes vindos de diversas áreas profissionais, origens e idades, partindo das premissas que têm vindo a fazer parte do seu trabalho em torno da resistência, união, fé, fragilidade e superação”.

“A gravação de um ensaio de Leonard Bernstein sobre a ‘A Sagração da Primavera’ de Igor Stravinsky, centraliza-se como o mote musical, e Vaslav Nijinsky ou Pina Bausch são algumas das referências que Calle assume neste processo, optando por transpô-las em fortes sequências repetitivas de fracasso, erro e tentativa renovada, tão obsessiva quanto agradável”, acrescenta a sinopse do espetáculo.

Com direção de Mónica Calle, “Só Eu Tenho a Chave Desta Parada Selvagem” vai contar com interpretação de Afonso Gaspar, Gonçalo Egito, Guilherme Barroso, Hugo Nicholson, José Maria Brion Sanches, José Miguel Vitorino, Luís Elgris, Miguel Ferrão Lopes, René Mussenga Vidal, Rui Dias Monteiro, Tiago Mansilha, Victor Gonçalves, Johann Ebert, Marco Otoya e Peter Tilajcik.

De acordo com a Casa Conveniente, “Só Eu Tenho a Chave Desta Parada Selvagem” vai ter a sua estreia nacional no próximo ano, no Porto, sendo uma coprodução do Wiener FestWochen e do Festival Dias Da Dança, do Teatro Municipal do Porto. Em Viena, a peça vai estrear-se na quinta-feira, tendo novas sessões na sexta-feira e no sábado.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta