Faixa Atual

Título

Artista

Background

Concurso de Canto Lírico reúne 80 artistas de 20 países

Escrito por em 14/06/2022

O Concurso Internacional de Canto Lírico de Lousada vai reunir, em julho, 80 concorrentes, de 20 países, terminando com um concerto de laureados na Casa da Música, no Porto.

“Vai ser um evento com repercussão nacional”, previu Pedro Araújo, presidente da Associação de Cultura Musical de Lousada (ACML), entidade organizadora, que conta com o apoio da câmara municipal e outros parceiros públicos e privados.

O responsável precisou que vão participar artistas, a maioria cantores líricos, oriundos da Europa, Ásia, América do Norte e América do Sul. Além dos cantores líricos, haverá um concurso destinado aos pianistas acompanhantes.

A fase de competição vai decorrer na vila de Lousada, no distrito do Porto, de 04 a 09 de julho, com o objetivo de “promover o concelho e internacionalizar a instituição”, como destacou o organizador.

À Lusa, indicou que o júri será formado por sete elementos, incluindo alguns internacionais ligados ao canto lírico. “Quisemos que o júri fosse constituído por individualidades de referência em termos nacionais e internacionais”, observou, informando que a diretora do Teatro Nacional de S. Carlos também integra o júri.

O concerto de laureados vai realizar-se no dia 10, na Casa da Música, no Porto, espaço onde a instituição daquele concelho do Vale do Sousa tem promovido algumas atividades artísticas.

“Para o momento final, queríamos uma sala com grandes condições para que os vencedores tivessem a possibilidade de mostrar, nas melhores condições, o seu talento”, anotou. O valor pecuniário dos prémios será, segundo a organização, uma das razões para um número de inscritos tão elevado e de tantos países, “superando as expectativas iniciais”.

O primeiro prémio será de seis mil euros, o segundo de quatro mil e o terceiro de dois mil. Haverá ainda um prémio de mil euros para o melhor pianista acompanhante e outro, também de mil euros, para o melhor artista, segundo as preferências do público. Os premiados terão ainda possibilidade de atuarem em “instituições de referência em Portugal, no âmbito do canto lírico”, concluiu Pedro Araújo. Do programa do evento constarão, ainda, ‘workshops’ e ‘masterclasses’.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta