Faixa Atual

Título

Artista

Background

Temática dos refugiados domina 8.º Ei! Marionetas

Escrito por em 07/06/2022

Uma estreia mundial e duas nacionais assinalam o 8.º Encontro Internacional de Marionetas, que vai decorrer entre 1 e 7 de julho, em Gondomar, sob a temática dos refugiados, revelou a diretora Clara Ribeiro.

“Nesta edição, a temática tem a ver com os que partem e toda a programação foi pensada exatamente com essa premissa: a de podermos chamar companhias que tratam, por exemplo, a questão dos refugiados, dos que procuram uma vida melhor, aqueles que procuram a sua identidade, aqueles que partem porque optam por partir”, revelou a responsável do encontro, à margem da conferência de imprensa que decorreu no Auditório Municipal de Gondomar.

Com 46 atividades previstas para os seis dias do Ei! Marionetas, Clara Ribeiro enfatizou que o foco continua a estar nos “trabalhos desenvolvidos com a comunidade durante o ano, que depois culminam com a apresentação nos palcos”.

“Essa é, também, uma premissa desde a primeira edição (…), o contacto com a comunidade, com associações sociais, educativas e culturais do concelho que possam integrar a própria programação do evento”, acrescentou.

A edição de 2022 terá, disse, “a estreia mundial do projeto ‘O urso que não era’, que resulta de uma parceria com o Teatro de Marionetas de Mandrágora, e também duas nacionais, o ‘Casulo’, da Cia Ventoinha [Brasil/Portugal], e o ‘Noose’, dos Merlin Puppet Theatre [Alemanha/Grécia]”.

E de um projeto que quer continuar a servir “vários públicos”, Clara Ribeiro citou os destinados à primeira infância, como é “Casulo”, e para os adultos e para um público mais especializado como é o da companhia Merlin Puppet Theatre.

Além destas estarão também as companhias Cia Ortiga e La Gata Japonesa, ambas de Espanha, lê-se na informação distribuída. Novidade também, acrescentou a diretora, será “uma formação para o público especializado, marionetistas e atores, e que vai pela primeira vez decorrer em Portugal”.

A programação abrange diferentes locais do concelho, como a Casa Branca de Gramido, Auditório e Biblioteca Municipal de Gondomar. “O Ei! abarca todas as freguesias do concelho porque também o queremos abrir à comunidade (…) e desde a terceira edição que temos programação também nas freguesias”, recordou Clara Ribeiro sobre uma edição que assinala com uma exposição em lojas do comércio local os 20 anos das Marionetas Mandrágora.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta