Faixa Atual

Título

Artista

Background

Mais de 600 peças doadas ao Museu de História Natural

Escrito por em 24/05/2022

Mais de 600 peças artesanais de Barcelos, entre as quais trabalhos de Rosa Ramalho, vão ser doadas esta quarta-feira ao Museu de História Natural e Ciência da Universidade do Porto, pelos arquitetos Alexandre Alves Costa e Sergio Fernandez.

A Universidade do Porto (UP) anunciou hoje, em comunicado de imprensa, que “duas das mais importantes e extensas coleções do figurado de Barcelos”, reunidas pelos arquitetos Alexandre Alves Costa e Sérgio Fernandez desde a altura em que eram estudantes e ao longo de várias décadas, vão fazer parte da coleção de olaria nacional do museu, a partir desta quarta-feira.

“As coleções retratam o trabalho criativo de alguns dos mais importantes ceramistas de Barcelos, com nomes como Mistério, Maria Sineta, Rosa Côta, Júlia Côta, Teresa Mouca, mas é essencialmente a escultora e ceramista Rosa Ramalho que assume um lugar de destaque nas coleções destes dois arquitetos”, lê-se no comunicado.

Nas mais de 600 peças podem apreciar-se, por exemplo, “bichos de esgares macabros”, “santos despojados de ornamentos supérfluos” e “representações da vida quotidiana”. “Depois de uma vida de convivência, pareceu-nos que era mais que justo abrir isto ao desfrute de outras pessoas. Porque é uma expressão artística que, creio, estar no fim”, explica Sérgio Fernandez, reconhecendo que atualmente seriam “quase impossíveis de encontrar”.

A UP diz-se “muito satisfeita” com a doação que irá “enriquecer” o património etnográfico do Museu de História Natural e da Ciência. A cerimónia de doação acontece na quarta-feira, às 10:00, na Sala do Fundo Antigo da Reitoria da UP, e as peças doadas vão ser apresentadas publicamente numa exposição a realizar no primeiro trimestre de 2023. No próximo mês de julho, algumas das peças vão estar presentes numa exposição na Reitoria da UP, dedicada a Aurélia de Sousa.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta