Faixa Atual

Título

Artista

Background

Conteúdos da Casa da Arquitetura disponíveis online

Escrito por em 12/05/2022

A Casa da Arquitetura, em Matosinhos, pretende “levar a arquitetura a todos” de forma gratuita através do “Edifício Digital”, uma plataforma ‘online’ que reúne acervos e espólios de vários arquitetos, disponível a partir de sexta-feira.

“Uma das missões da Casa da Arquitetura é levar a arquitetura a todos, independentemente da sua localização geográfica”, afirmou à agência Lusa o diretor executivo da instituição, Nuno Sampaio, acerca do novo projeto.

O evento de apresentação do “Edifício Digital” decorrerá na sexta-feira, pelas 21:30, na Casa da Arquitetura e será transmitido em direto para todo o mundo através da página de internet da entidade. A plataforma vai ficar disponível a partir desse momento.

Após o lançamento da plataforma, que estará disponível em português e inglês, os visitantes terão acesso livre e gratuito a “três pisos” de conteúdos “atualizados a cada dia”.

Nuno Sampaio caracterizou o primeiro “piso” da plataforma como o “mais público da Casa da Arquitetura”, onde os visitantes poderão aceder a uma cronologia de todos os conteúdos de exposições realizadas na Casa, a cerca de 250 filmes de conferências e debates, seminários, catálogos e onde terão a possibilidade de realizar visitas virtuais às exposições ou marcar visitas físicas à instituição.

Nas visitas virtuais, os utilizadores podem percorrer exposições patentes na Casa desde 2019 ou os “espaços mais fechados” como o arquivo, tendo a possibilidade de aceder a conteúdos com vista de 360 graus e a materiais exclusivos “impraticáveis de mostrar numa exposição física”.

O segundo “piso” corresponde ao arquivo digital, o nível onde estarão disponíveis “muitos milhares” de materiais digitalizados. O arquivo digital dispõe de acervos portugueses e não portugueses, algo que Nuno Sampaio considerou “importantíssimo” para garantir que as pessoas consigam aceder aos acervos dos seus territórios, mas também de outros.

Segundo um comunicado publicado na página da entidade, Eduardo Souto Moura, António Fortunato Cabral, Paulo Mendes da Rocha, Pedro Ramalho e Teresa Fonseca são alguns dos arquitetos cujos trabalhos poderão ser visitados através da plataforma.

No terceiro “piso” poderá ser encontrada uma nova loja digital com cerca de 3.000 artigos, alguns exclusivos da Casa da Arquitetura, como “livros, mobiliário, iluminação, obras gráficas, design de autor e ‘merchandising’” que poderão ser adquiridos e entregues em qualquer parte do mundo.

Para Nuno Sampaio, a inovação do projeto está focada na “quebra de paradigmas” através da disponibilização “totalmente gratuita” dos conteúdos da Casa da Arquitetura e do “incentivo às investigações e estudos a muito baixo custo”.

O responsável considerou o “Edifício Digital” um elemento “fundamental”, destacando que a plataforma será “uma forma de Portugal se mostrar ao mundo” através da apresentação de trabalhos que a Casa da Arquitetura “acolhe, trata e expõe”.

Nuno Sampaio revelou ainda que o quarto e quinto piso do “Edifício Digital” já estão a ser preparados: um destinado ao turismo de arquitetura, em parceria com o Turismo de Portugal, e outro em articulação com o Serviço Educativo da instituição, destinado ao trabalho com as comunidades e escolas.

Marcado como

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta