Faixa Atual

Título

Artista

Background

Capote Fest promove nova música portuguesa

Escrito por em 11/05/2022

Nove bandas vão transportar as sonoridades da nova música portuguesa para Évora, de 19 a 21 deste mês, durante o Capote Fest, que regressa após um ano de interregno, devido à pandemia de covid-19.

Organizado pela Capote – Associação Cultural em parceria com a Câmara de Évora e o apoio da Direção-Geral das Artes, a 6.ª edição deste festival de música moderna portuguesa realiza-se na Sociedade Harmonia Eborense e na SOIR Joaquim António d’Aguiar.

“O Capote Fest pretende ser uma montra de oferta artística musical com propostas de programação diferenciadoras que proporcionem descobertas musicais em território alentejano”, realçaram os promotores.

Segundo a Capote – Associação Cultural, o evento também procura incentivar “o surgimento de mais projetos” musicais e, ao mesmo tempo, colocar a cidade de Évora “no roteiro dos festivais de música nacional”.

O festival arranca, no dia 19, na Sociedade Harmonia Eborense, com um concerto da banda Má Vizinhança. No dia seguinte, na SOIR Joaquim António d’Aguiar, atuam a banda de rock psicadélico português 10.000 Russos e os Noves Fora Nada.

Os Eigreen e os alentejanos Mindtaker completam o cartaz do segundo dia do evento. Para o último dia de festival, também na SOIR Joaquim António d’Aguiar, estão previstos os concertos de Process of Guilt e dos Galgo.

Os Perpétua, banda com origem na Gafanha da Nazaré, concelho de Ílhavo, distrito de Aveiro, e os Sigma, grupo de rock progressivo de Évora, também vão atuar no derradeiro dia do evento.

Marcado como

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta