Faixa Atual

Título

Artista

Background

Manuel Baptista e João Jacinto fazem exposição conjunta

Escrito por em 10/05/2022

Um conjunto de 12 obras, metade das quais inéditas, dos artistas plásticos Manuel Baptista e João Jacinto vai estar em exposição a partir de quinta-feira na Casa do Meio-Dia, em Loulé.

A exposição “– Eu e o João! – O Manuel e eu!”, promovida pela Sul Sol e Sal e cujos curadores são os próprios artistas, apresenta seis obras de épocas distintas de Manuel Baptista e seis desenhos inéditos de grande escala de João Jacinto.

“Promovemos um encontro entre os dois e a proposta foi não haver curador e, assim, depois de visitarem os ateliês, cada um escolheu as obras do outro que queria ver na exposição”, explicou à Lusa Salvador Santos, da Sul Sol e Sal.

Nascido em Faro em 1936, Manuel Baptista, considerado “um artista de referência”, apresenta desenhos a tinta da china, trabalhos com radiografias da década de 1970 e outros com colagens e recortes.

As obras de Manuel Baptista escolhidas por João Jacinto abrangem um período que começa na década de 1970 e termina no virar do século, numa retrospetiva do seu percurso artístico, iniciado em 1957, quando fez a sua primeira exposição individual.

Já João Jacinto, natural de Mafra e nascido em 1966, “vai ganhando um espaço muito particular entre os criadores contemporâneos”, tendo a sua obra representada em várias coleções e museus, tanto em Portugal como noutros países europeus.

Tendo nascido como editora, em 2016, a Sul Sol Sal, fundada por Manuel Brito, aposta agora, também, nas artes visuais, sendo esta a terceira exposição artística que promove, depois de duas mostras dos algarvios Luís Marques e Bertílio Gomes.

Segundo Salvador Santos, depois da mudança de Olhão para o centro de Loulé, onde reiniciou atividade há cerca de um ano, a Sul Sol Sal alberga agora não só uma livraria, como uma galeria e um espaço que pode ser usado por criadores de diversas áreas.

“Em Loulé, o espaço é disponibilizado a associações locais, por exemplo, de dança ou teatro, funcionando como uma espécie de pequeno centro cultural”, referiu, acrescentando que pensar sobre o Algarve esteve desde centro no centro do projeto.

A inauguração da exposição “– Eu e o João! – O Manuel e eu!” está marcada para próxima quinta-feira, às 18:00, na Casa do Meio-Dia, em Loulé.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta