Faixa Atual

Título

Artista

Background

Palácio privado de Sintra abre pela primeira vez ao público

Escrito por em 21/04/2022

O palácio privado Biester, edificado no final do século XIX na vila de Sintra, vai abrir ao público no final do mês, depois de ter sido alvo de obras de recuperação.

Situado nas proximidades da Quinta da Regaleira e da estrada da Pena, este conjunto monumental, que já serviu de cenário no filme norte-americano “A Nona Porta”, inclui um ‘chalet’ e um jardim que se tornarão pela primeira vez visitáveis.

“Há cerca de dois anos que reunimos esforços para a abertura ao público. O Biester e o seu parque natural são exemplares extraordinários, do melhor que a arquitetura romântica legou ao nosso património. O que sentíamos era que manter este espaço assim inacessível ao público seria, na nossa visão, privar o público de um dos mais belos locais do património sintrense”, justificou à agência Lusa a responsável de marketing da Biester, Vanessa do Carmo.

No interior do palácio, cuja construção se iniciou em 1880, destacam-se elementos e divisões como a biblioteca, a galeria de entrada, o salão de festas e a sala de música, locais onde será possível encontrar pinturas naturalistas de Luigi Manini e azulejos de Raphael Bordallo Pinheiro.

Ainda no interior destaca-se, igualmente, uma capela neogótica, ligada à Ordem dos Templários e uma câmara iniciática. Já no exterior, os visitantes poderão usufruir dos jardins, que dispõem de um parque botânico, de dois miradouros, cascatas, lagos e tanques e, a nível de infraestruturas de apoio, foi criada uma casa de chá e zonas de esplanadas.

Vanessa Carmo, que não quis adiantar valores de investimento, explicou que foi no jardins onde incidiu o “maior esforço financeiro de recuperação”, sendo que no interior “a preocupação foi a conservação”.

“A nossa convicção é de que a abertura do Biester e do parque natural representará uma mais valia inestimável para Sintra, para a cultura, para o turismo e para o nosso país. Acreditamos que é o momento certo, o momento em que voltamos a receber pessoas do mundo inteiro. Este espaço cultural irá oferecer uma oportunidade única de exibir o trabalho dos artistas que por aqui passaram e deixaram a marca duradoura do seu génio”, sublinhou. As visitas públicas ao Palácio Biester e jardins estarão disponíveis a partir do dia 30 de abril, variando os preços de entrada entre os cinco e os 10 euros.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta