Faixa Atual

Título

Artista

Background

Novo álbum de Viviane é “alegre e esperançoso”

Escrito por em 21/04/2022

A cantora Viviane disse que o seu novo álbum, “Quando Tiveres Tempo”, é “alegre e esperançoso” e que sublinha a sua vertente de escritora e compositora.

“Em termos de escrita, cinco canções são poemas meus e todas as canções são música minha ou com o Tó Viegas, a única exceção é ‘Todas as Canções’, de Tiago Torres da Silva e Renato Jr.”, disse ao jornalista Nuno Lopes, da Lusa, a cantora, que acrescentou: “Sempre tive necessidade de dar um cunho pessoal aos meus trabalhos”.

Viviane assina as letras e as músicas com Tó Viegas de “Quando Tiveres Tempo”, que dá título ao álbum, “Decidiste Voltar”, “Mundo Digital” e “Escrevi Teu Nome”, enquanto “Oh! Meu Pequeno País” tem letra e música suas.

Viviane gravou ainda “Zigue Zague”, letra de Jorge Cruz, “Cenas”, de Luís Caracol, “Maricotinha”, de Cátia Mazari Oliveira, estas com música sua e de Tó Viegas, “Com o Fogo não se Brinca”, uma letra de Adília Lopes, com música sua, e “Todas as Canções”, de Tiago Torres da Silva e música de Renato Jr.

“Cada vez vai ser mais assim, parece-me a mim, da maneira que as coisas estão, em constante ebulição, e quem cria tem sempre a necessidade de dizer mais qualquer coisa”, disse a música, questionada sobre a sua vertente autoral nas canções que canta.

O álbum começou a ser construído antes da pandemia de covid-19, declarada em março de 2020, e a cantora disse que não gostaria de abordar esta temática nas suas canções. Referindo-se ao álbum, Viviane disse que tem “uma tónica alegre e esperançosa”.

“Estas canções foram escritas antes do início da pandemia, e tinha a vontade de escrever coisas um bocadinho mais alegres, com um espírito mais alegre e já tinha começado a gravar quando surgiu a pandemia”, explicou.

Viviane afirmou que quis incluir no disco “uns temas mais alegres”: “Quis uns temas mais alegres pois acho que a música faz falta às pessoas e tem de se dar, através da música, um pouco mais de esperança e alegria”.

A cantora apresenta o álbum ao vivo no dia 20 de maio, no Auditório da Benedita, no concelho de Alcobaça, distrito de Leiria, um “regresso muito tímido, mas com muita vontade”.

Segundo a cantora, a cena musical ainda não recuperou plenamente das consequências da pandemia. “Temos estado a fazer concertos que tinham sido adiados, ainda não estamos no nosso ‘normal'”.

Em junho, de 22 a 24, Viviane atua na Alemanha, um projeto que abraça com alegria, depois de ter assinado um contrato com a discográfica alemã O-Tone Music, que garante a distribuição do disco e agenciamento da artista na Alemanha, Suíça, Áustria, Bélgica, Países Baixos, Luxemburgo e Polónia.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta