Faixa Atual

Título

Artista

Background

Casino Lisboa completa 16 anos

Escrito por em 15/04/2022

O Casino Lisboa, que completa 16 anos na terça-feira, já recebeu um total de 24 milhões de visitantes e apresentou 155 espetáculos, de música, teatro, dança e novo circo, e 136 exposições, divulgou a Estoril Sol, proprietária do espaço.

Num comunicado enviado à imprensa, o Casino realça “de forma inequívoca” o êxito do projeto nestes 16 anos, com uma afluência anual de cerca de 1,5 milhões de visitantes, correspondente a uma média diária de 4.000 entradas.

Devido à pandemia de covid-19, o Casino Lisboa esteve encerrado durante um período de nove meses, tendo adotado na reabertura as medidas exigidas de higiene e segurança, nomeadamente, a limitação da lotação do espaço.

O Casino Lisboa, seguindo as normas implementadas pelo Governo, neste período fechou portas mais cedo que o seu horário habitual, em algumas semanas, e encerrou portas de 14 de março a 8 de junho de 2020, de 14 de janeiro a 1 de maio de 2021 e, de 18 de junho a julho de 2021.

Segundo a mesma fonte, estas medidas causaram “um efeito abissal nas entradas de visitantes”, tendo passado de uma média mensal, registada em 2019, de 140 mil entradas para 46 mil em 2020 e 36 mil em 2021. “Os hábitos também mudaram”, refere o Casino Lisboa.

O Casino Lisboa, no Parque das Nações, na zona oriental da capital, foi inaugurado a 19 de abril de 2006, tendo-se instalado no antigo Pavilhão do Futuro da Exposição Internacional de Lisboa de 1998, a Expo’98.

Além dos espaços de jogo, restauração e diversão, o Casino Inclui o Auditório Oceanos inaugurado pela soprano canadiana Natalie Choquette. Ao longo de 16 anos o palco do auditório acolheu 2.812 sessões de 155 espetáculos, às quais assistiram um milhão e 330 mil espetadores.

Pelo palco do auditório dos Oceanos passaram nomes como Barbara Hendricks, Mariza, Madredeus, Carlos do Carmo, Farruquito e Familia, Xutos & Pontapés, Goran Bregovic, Rodrigo Leão, Dulce Pontes, Ute Lemper, Ney Matogrosso, Joan as a Police Woman ou a Companhia de Flamenco António El Pipa.

Por ali passaram também peças como “Monólogos da Vagina”, de Eve Ensler, ou “A Ceia dos Cardeais”, de Júlio Dantas, entre outras. Na área de exposições, o Casino acolheu mostras de fotografia, como a do Prémio Literário e Fotográfico Parque das Nações ou a “Maior Exposição Fotográfica do Mundo” sobre as festas de Lisboa, tradicionalmente em junho.

Recebeu também exposições dos artistas Fernando Botero, António de Lemos Viana, Mário Henrique, e uma de modelismo ferroviário e uma de esculturas chinesas policromadas do século XIII. Na próxima quinta-feira, às 21:00, o Casino Lisboa estreia a peça “O Crédito”, que valeu ao dramaturgo Jordi Galcerán o Prémio de Dramaturgia Catalã.

Com encenação de Rita Lello, música de Manuel Faria e desenho de luz de Paulo Sabin, é protagonizada por Manuel Marques e Miguel Thiré. A peça estará em cena no auditório dos Oceanos de quinta-feira a sábado às 21:00 e aos domingos às 17:00.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta