Faixa Atual

Título

Artista

Background

Israel poderá falhar Eurovisão

Escrito por em 14/04/2022

Israel poderá falhar o 66.º Festival Eurovisão da Canção, devido a uma greve do Ministério dos Negócios Estrangeiros daquele país, anunciou a emissora pública israelita, KAN, responsável pela escolha do representante no concurso.

“A partir de agora, devido à greve do Ministério dos Negócios Estrangeiros, que afeta protocolos de segurança, a delegação israelita não irá comparecer na Eurovisão em Turim”, lê-se numa publicação partilhada na quarta-feira na conta oficial israelita da Eurovisão, gerida pela KAN.

A União Europeia de Radiodifusão (EBU), que organiza o concurso, ainda não emitiu qualquer comunicado relativo a este anúncio. O 66.º Festival Eurovisão da Canção decorre em maio, em Turim, Itália, e estarão 40 países em competição. As duas semifinais estão marcadas para os dias 10 e 12 de maio e, a final, para o dia 14 do mesmo mês.

Está previsto que o representante de Israel – Michal Ben David, com o tema “I.M.” – atue na segunda semifinal. Este ano, deveriam ser 41 os países a concurso, mas em final de fevereiro, poucos um dia depois da invasão da Ucrânia, a EBU anunciou que a Rússia não iria participar no 66.º Festival Eurovisão da Canção. Portugal será representado por Maro, com o tema “Saudade, Saudade”, que venceu em março o Festival da Canção e atua na primeira semifinal do concurso.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta