Faixa Atual

Título

Artista

Background

“Simbiose” junta Maze e Spock e tem DJ Ride entre convidados

Escrito por em 13/04/2022

“Simbiose”, álbum que junta o ‘rapper’ Maze e o produtor Spock, “onde pensamentos e emoções são transmutados em som”, gravado ao longo dos últimos três anos e que conta com convidados como NBC e DJ Ride, é hoje editado.

A parceria entre Maze (André Neves) e Spock (Hugo Rafael) começou com “Negro Luto”, um dos 20 temas que compõem “Simbiose”, e que foi divulgado no final de 2018. Após essa primeira colaboração, de acordo com o texto de apresentação do álbum, “ficou bem evidente que os ambientes sonoros criados por Spock potenciavam a mensagem de Maze, como viria a ficar comprovado nas faixas seguintes ‘Viva’, ‘Despertar para Sempre’ e, na mais recente, ‘Que horas São?’”, que foram sendo disponibilizadas ‘online’ ao longo dos últimos três anos, “e que demonstram a importância determinante da palavra dita neste álbum”.

“Este é um disco que nasce de um sítio de reencontro com a nossa essência, na viagem ao nosso íntimo que relata as superações da vida quotidiana numa sociedade de controlo que evita a todo o custo a libertação do indivíduo. Serve este manifesto como catalisador para essa luta pela evolução em consciência e é porta-voz duma tribo que acredita numa visão mais positiva da coexistência em harmonia com a natureza do ser”, descreveu Maze, citado no texto de apresentação de “Simbiose”.

“Simbiose” foi sendo gravado nos estúdios da Contetor Records, por onde foram passando os convidados “que contribuíram para este trabalho discográfico com as suas vozes (NBC, Splinter, Sitah Faya, Buda XL e Erre K), com os seus instrumentos (Francesco Valente, Buda XL e Sofia Graça), com os seus ‘scratchs’ (DJ Ride, DJ Sims e DJ Kronic), ou na arte da mistura (Ben António) e da masterização (Mr. Papz)”.

Este álbum, “é apenas o início do caminho, para esta irmandade que promete continuar a criar clássicos do rap nacional, ocupando o seu próprio espaço na esfera da ‘spoken word’”. “Simbiose”, “onde pensamentos e emoções são transmutadas em som”, está disponível ‘online’ a partir de hoje. A edição física do álbum pode ser adquirida através do site oficial do MC (Mestre de Cerimónias) dos Dealema (www.mazedlm.com).

Maze, que desde o final da década de 1990 integra o coletivo portuense Dealema, estreou-se a solo em 2007 com “Homem em Missão”. No ano passado editou “Sub-Urbe”, o primeiro álbum de uma trilogia em colaboração com AZAR AZAR.

Maze apresenta-se ao vivo em 23 de abril no Festival de Música e Poesia de Vila Nova de Foz Côa, no dia 6 de maio na Mostra das Artes da Palavra, em Oeiras, e no dia 10 de junho na Casa Museu Fernando Pessoa, em Lisboa.

Marcado como

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta