Faixa Atual

Título

Artista

Background

FMM regressa com “o poder das mulheres”

Escrito por em 13/04/2022

Omara Portuondo, Dulce Pontes, Aline Frazão e Bia Ferreira são algumas das vinte artistas que estarão em julho no Festival Músicas do Mundo de Sines (FMM Sines).

Estes primeiros nomes anunciados, “que afirmam o poder das mulheres”, assinalam o regresso do FMM Sines, cuja 22.ª edição está marcada de 22 a 30 de julho em Sines e em Porto Covo, depois de dois anos de interrupção por causa da pandemia da covid-19.

Entre os nomes revelados está o de Omara Portuondo, “símbolo da música cubana e um caso único de longevidade artística”, que, aos 91 anos, passará por Sines na digressão mundial de despedida dos palcos.

Destaque ainda para vozes que apresentarão novos álbuns em Sines, como a angolana Aline Frazão, que estará pela terceira vez no festival com “Uma Música Angolana”, a luso-angolana Pongo, com o registo “Sakidila”, e a portuguesa Dulce Pontes, que acaba de lançar “Perfil”.

A elas juntam-se ainda a fadista Sara Correia, a harpista espanhola Angélica Salvi, a cubana Daymé Arocena, a percussionista francesa Lucie Antunes, a canadiana Dominique Fils-Aimé e as artistas chilenas Ana Tijoux e Pascuala Ilabaca.

Sines contará ainda com “grandes vozes femininas da música do Brasil”, nomeadamente a performer e artista visual Ava Rocha, a cantora Bia Ferreira, “que trata de forma incisiva as temáticas ligadas ao combate ao racismo e à homofobia”, Letícia Novaes, que assina como Letrux, e Marina Sena.

Além da África em língua portuguesa, o FMM Sines contará com outras mulheres africanas, com Hindi Zahra (Marrocos) e Maya Kamaty (ilha Reunião). O festival anunciou ainda a presença do quinteto feminino de flamenco Maruja Limón, da artista Crystal Murray, “uma estrela em ascensão na pop alternativa francesa”, e da cantora, pianista e atriz Marina Satti, artista com ascendência grega e sudanesa.

Organizado pela Câmara Municipal de Sines, o Festival Músicas do Mundo estará de 22 a 24 de julho em Porto Covo e, de 25 a 30 daquele mês, em Sines.

Fotografia de capa por Mário Pires.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta