Faixa Atual

Título

Artista

Background

LisbonWeek em maio na freguesia de Marvila

Escrito por em 12/04/2022

A edição deste ano do projeto LisbonWeek, que inclui visitas guiadas a “locais emblemáticos”, um circuito por espaços artísticos e um ciclo de conversas sobre arquitetura e trabalho, decorre durante o mês de maio na freguesia de Marvila.

“Viver e (re)descobrir os encantos da Marvila antiga e contemporânea é a proposta deste ano da LisbonWeek”, refere a organização da iniciativa, cujas primeiras duas edições se realizaram no outono de 2012 e de 2013, em vários pontos de Lisboa, e regressou em abril de 2015 concentrada numa só freguesia.

A “oferta à cidade de audioguias em sete locais de Marvila, numa experiência imersiva em que o público poderá descobrir livremente, durante todo o mês de maio, muitas das histórias contadas pelo historiador Pedro Sequeira”, marca o início da 7.ª edição da LisbonWeek.

Embora os audioguias – que podem ser encontrados no condomínio Prata Riverside Village, no Armazém Vinícola Abel Pereira da Fonseca, na Igreja Paroquial de Marvila, no Palácio Marquês de Abrantes, no Pátio Marialva, nas Galerias de Arte (Rua Capitão Leitão) e no Palácio da Mitra – estejam disponíveis a partir de 01 de maio, a 7.ª edição da LisbonWeek começa no dia 7 de maio, com um dia aberto.

Para 7 de maio, a organização preparou “um dia especial com passeios culturais aos locais mais emblemáticos de Marvila”. “O ponto de partida será no Prata Riverside Village, onde pode ser visitada a exposição retrospetiva dos ‘10 anos da Lisbonweek’, e a exposição de néones comerciais ‘Brilha Rio’”, lê-se na programação.

Além disso, serão dadas a conhecer as obras criadas para o local, que “resultam do programa de residências da LisbonWeek (a decorrer em abril no espaço do Prata Meet the Artist Riverside Village) e estarão em vários locais” de Marvila.

Ainda no dia 7 de maio, “haverá ações em diversas galerias de arte, como a Francisco Fino, a Bruno Múrias, a Insofar e a Underdogs, onde os respetivos artistas e curadores estarão presentes para falar sobre as exposições em curso”.

Tal como em edições anteriores, a LisbonWeek desafia o público “a desvendar os segredos e as histórias da Lisboa desconhecida”, em dois passeios distintos: um passeio pedestre pela Marvila antiga e contemporânea e uma visita ao interior do Palácio da Mitra que abre portas especialmente para a iniciativa.

As visitas, concebidas e orientadas pelo historiador Pedro Sequeira, acontecem todos os sábados e domingos de maio. Nos dias 8, 21 e 22 de maio, realiza-se a Marvila Art Tour, “um percurso pelos espaços mais emblemáticos de Marvila, passando por locais históricos – como a Rua do Açúcar e a Praça Leandro da Silva, de modo a recordar a importância deste bairro no tecido urbano de Lisboa, e encontrar a riqueza da paisagem industrial à beira-rio, e principalmente descobrir os seus espaços artísticos – como as galerias Bruno Múrias, Francisco Fino, Insofar, Underdogs, The Room, ou o estúdio da artista Adriana Barreto – e que fazem deste bairro um dos mais criativos da cidade”.

A programação da 7.ª LisbonWeek inclui ainda o Atelier de Criatividade, um Ciclo de Conversas sobre arquitetura e trabalho e “uma grande Festa de Encerramento, para celebrar o 10.º aniversário da iniciativa e na qual serão recriados os melhores momentos de todas as edições”.

Segundo a organização, “no decorrer de abril serão revelados todos os detalhes sobre estas atividades”. Mais informações sobre esta edição podem ser consultadas no site oficial da LisbonWeek, em www.lisbonweek.com.

Marcado como

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta