Faixa Atual

Título

Artista

Background

Gilbert Gottfried morre de doença rara aos 67 anos

Escrito por em 12/04/2022

O ator e comediante norte-americano Gilbert Gottfried morreu hoje aos 67 anos vítima de uma doença rara que pode desencadear batimentos cardíacos anormais e perigosos, disse o seu amigo de longa data Glenn Schwartz.

“Além de ser voz mais icónica da comédia, Gilbert foi um marido, irmão, amigo e pai maravilhoso dos seus dois filhos pequenos. Embora hoje seja um dia triste para todos nós, por favor, continuem a rir-se o mais alto possível em homenagem a Gilbert”, escreveu a família do ator num comunicado publicado no Twitter.

Gilbert Gottfried era um comediante independente e intencionalmente bizarro, tão propenso a “limpar” uma audiência com anticomédia como a “matá-la” com as suas piadas. O artista chamou a atenção nacional com aparições frequentes na MTV, no início da sua carreira, e com uma breve passagem no elenco do programa televisivo “Saturday Night Live” na década de 1980.

O comediante também participou em trabalhos de voz para televisão e filmes infantis, como a interpretação de o papagaio Iago na película “Aladdin” (1992) da Walt Disney. Nos seus primeiros dias no clube Comedy Store em Hollywood, os gerentes faziam-no imitar o então pouco conhecido Jerry Seinfeld no final da noite para se livrarem dos últimos clientes.

Gilbert Gottfried era especialmente amado e reconhecido pelos seus colegas comediantes e artistas. “Estou muito triste ao ler sobre a morte. Engraçado, politicamente incorreto, mas mole por dentro. Nós encontramo-nos muitas vezes; ele até me fez uma partida num avião, substituindo o meu interprete [de língua gestual]”, escreveu no Twitter a atriz Marlee Matlin.

Também o ator de “Seinfield” Jason Alexander – conhecido por interpretar o personagem George Costanza – publicou no Twitter que Gilbert Gottfried o “fez rir nos momentos em que o riso não aparecia facilmente”.

Filho de um dono de uma loja de ferragens e de uma dona de casa, Gilbert Gottfried nasceu no bairro de Brooklyn, em Nova Iorque, tendo começado a fazer ‘stand-up’ amador aos 15 anos.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta