Faixa Atual

Título

Artista

Background

Coimbra apresenta espetáculo sobre luta contra o fascismo

Escrito por em 12/04/2022

O espetáculo “Amores de Leste – Hotel Europa”, sobre a luta contra o fascismo na Europa de Leste, sobe na quarta-feira ao palco do grande auditório do Convento São Francisco, em Coimbra.

De acordo com uma nota dos promotores, enviada à agência Lusa, o projeto “tem como ponto de partida as vidas de pessoas que, como parte da luta contra o regime fascista e colonialista português, viveram na Europa de Leste”.

“Estas pessoas combatiam pelo fim da ditadura e pela independência das antigas colónias como Angola, Moçambique, Guiné-Bissau e Cabo Verde”. O espetáculo – que incide sobre as relações entre o amor, laços familiares e a política – versa sobre o impacto que o tempo passado a Leste, para além da chamada Cortina de Ferro, teve nas vidas dos combatentes antifascistas, e questiona se essa experiência mudou a perspetiva dessas pessoas acerca do comunismo.

“Alguns deixaram o partido após essa experiência. Outros mantiveram-se comunistas. Alguns apaixonaram-se e formaram família no outro lado da Cortina; outras famílias desmoronaram com o colapso do comunismo em 1989”.

Criado por André Amálio e Tereza Havlíčková, “Amores de Leste – Hotel Europa” é interpretado pelos dois autores e Beatrice Cordier, Andreia Galvão, Jorge Cabral e Mbalango. Tem a duração de 90 minutos e é falado em português, changana (dialeto da áfrica austral, que é uma das línguas faladas em Moçambique e noutros países africanos), alemão, russo e checo, e legendado em português.

Está agendado para as 19:00 de quarta-feira no grande auditório do Convento São Francisco. O bilhete geral custa 10 euros, havendo bilhetes a oito euros para maiores de 65 anos, grupos de adultos com mais de 10 pessoas e estudantes, disse fonte daquele equipamento cultural. A Hotel Europa “é uma estrutura financiada pela República Portuguesa – Ministério da Cultura / DGArtes e este projeto é financiado pelo Fundo de Fomento Cultural”.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta