Faixa Atual

Título

Artista

Background

Camões organiza concurso para difundir literatura portuguesa

Escrito por em 09/04/2022

Quase trinta livrarias espalhadas por toda a Alemanha participaram num concurso de montras, organizado pelo Camões Berlim, com o objetivo de difundir a literatura em língua portuguesa neste país.

A iniciativa, cujo período de inscrições terminou a 31 de março, teve 28 livrarias a concorrer que tinham como missão a decoração das montras da maneira “mais criativa e apelativa possível”, utilizando “elementos portugueses”, sobretudo obras da literatura lusófona.

“Raras foram as candidaturas que apresentaram as montras só com livros”, revelou à Lusa a conselheira cultural da Embaixada de Portugal em Berlim, Patrícia Salvação Barreto. “Em muitos casos aparecem imensos elementos relacionados com Portugal. Por exemplo, com Lisboa, através de imagens dos elétricos, houve umas que pintaram propositadamente azulejos. Outras têm fotografias de ferro forjado das fachadas portuguesas. Em muitos casos, uma garrafa de vinho do Porto ou de outro vinho português”, descreveu.

Nos últimos 18 meses, foram traduzidas para alemão mais de 50 obras de autores portugueses e de países africanos de língua portuguesa. Para este concurso foram definidos três critérios fundamentais: o destaque dado à literatura portuguesa, não só na montra, mas também espalhada pela livraria; o aspeto estético e apelativo; e o recurso a iniciativas extra livraria, como publicação nas redes sociais ou uma ‘newsletter’.

A vencedora foi a livraria Lesezeichen Werther, na Renânia do Norte-Vestefália. “Contou com uma oferta muito variada de autores portuguesas com obras recentemente traduzidas, por um lado, o cuidado na decoração da montra (…), socorreu-se de iniciativas extra livraria como as redes sociais (…) e [pelo] facto de não ter apenas autores portugueses, mas sim lusófonos”, justificou Patrícia Salvação Barreto.

A cerimónia oficial de entrega do prémio ao vencedor será a 06 de maio, e inclui a ida e estadia em Óbidos, para participar no Folio – Festival Literário Internacional. A conselheira cultural da Embaixada de Portugal em Berlim admite a repetição da iniciativa no próximo ano, depois de feita a avaliação ao “impacto do ponto de vista da venda dos livros”.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta