Faixa Atual

Título

Artista

Background

“Follow Her” vence Melhor Filme no Fantasporto 2022

Escrito por em 09/04/2022

A longa-metragem “Follow Her”, da realizadora norte-americana Sylvia Caminer, arrecadou hoje o Prémio Melhor Filme Fantasporto 2022 na categoria Cinema Fantástico, e “Misericórdia”, de Gonçalo Loureiro, venceu na categoria Melhor Cinema Português.

Esta noite, na sessão de encerramento, a Ucrânia estará em destaque com a antestreia mundial do filme “Everything, Nothing and Something Else”, que toma Kiev por cenário.

O Prémio Melhor Filme da 42.ª edição do Festival Internacional de Cinema do Porto Fantasporto foi este ano para “Follow Her”, a primeira longa-metragem da realizadora norte-americana Sylvia Caminer.

A película conta a história de uma mulher que vive dependente dos vídeos que põe na Internet e da quantidade de seguidores que consegue. Um dia, essa mulher é convidada para ajudar a finalizar um argumento, o que a obriga a deslocar-se para um lugar remoto.

É uma “reflexão profunda sobre a invasão de privacidade e os tempos modernos. Um olhar perturbador e novo, mas cheio de originalidade, sobre um problema muito atual”, lê-se na nota de imprensa enviada à imprensa, com a decisão do júri.

Ainda na categoria do Cinema Fantástico, a principal do festival, “Barbarians”, de Charles Dorfman (Reino Unido) foi o filme vencedor do Prémio Especial do Júri, e o filme “The Exorcism of God”, do realizador Alejandro Hidalgo (USA/Mex/Venezuela), foi galardoado com o Prémio Melhor Realização.

Lázlo Attila Horváth, no filme “Soulpark” (Hungria), e Dani Barker, no filme Follow Her, foram eleitos o melhor ator e atriz, respetivamente, na categoria Melhor Filme Fantasporto 2022, enquanto Patrick Brunken , Rick Ostermann, Dirk Kurbjuweit , com o filme “The House” (Alemanha), venceram o Melhor Argumento.

Na categoria Cinema Português, o prémio para o Melhor Filme foi para “Misericórdia”, do realizador Gonçalo Loureiro. “Dilúvio”, de Eduardo Cruz, e “Fruta Tocada por Falta de Jardineiro”, de Pedro Senna Nunes, receberam menções especiais na categoria do Prémio Cinema Português.

“Jacinto”, do realizador espanhol Javi Camino venceu hoje o Prémio Melhor Filme Semana dos Realizadores 2022: Semana dos Realizadores – Prémio Manoel de Oliveira. O filme revela a vida pacata de uma aldeia galega que vai ser abalada pela chegada de uma filha de terra e da sua amiga sueca, ambas pertencentes a uma banda de ‘heavy metal’. Jacinto, um jovem com uma deficiência mental que acredita no padre da terra, acredita que elas são o diabo em pessoa.

Na categoria Orient Express, o vencedor de Melhor Filme foi “Escape from Mogadishu”, do realizador Seung-wan Ryoo (Coreia do Sul). “Baby Assassins”, de Yûgo Sakamoto (Japão) venceu o Prémio Especial do Júri.

“Follow Her”, de Sylvia Caminer, também arrecadou o Prémio do Público, enquanto “The House”, de Rick Ostermann (Alemanha), venceu o Prémio da Crítica. Esta noite no Teatro Rivoli, no Porto, na sessão de encerramento e de entrega de prémios do Festival, vai ser exibido, em antestreia mundial, a longa-metragem ucraniana “Everything, Nothing and Something Else”, de Marina Kondratieva.

Trata-se de uma comédia dramática que ilustra a vida de um taxista de Kiev e das pessoas que com ele se cruzam durante uma noite, e que foi filmado nas ruas da capital ucraniana, relembrando a arquitetura e a vida quotidiana própria da cidade.

O festival de cinema Fantasporto termina no domingo, 10 de abril, dia em que, às 15:00, é exibido no Grande Auditório Manoel Oliveira do Rivoli, o filme “The Exorcism of God”, de Alejandro Hidalgo, e, às 17:00, “The House”, de Rick Ostermann.

O evento encerra às 21:15, com a exibição de “Follow Her”, uma antestreia mundial, antecedida de curta-metragem “Fledge”, de Hanni Dombe e Tom Kouris, eleita a Melhor Curta-Metragem na categoria Cinema Fantástico.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta