Faixa Atual

Título

Artista

Background

Alfredo Cunha exibe 50 anos de fotografia na Casa da Imprensa

Escrito por em 04/04/2022

Uma exposição retrospetiva do trabalho de cinco décadas do fotojornalista Alfredo Cunha vai ser inaugurada a 13 de abril na Casa da Imprensa, em Lisboa.

Intitulada “Leica Years – Alfredo Cunha – 50 anos de Fotografia”, a exposição, patente até 3 de junho, reúne uma seleção de 52 fotografias dos anos 1970, altura em que o autor iniciou a carreira de fotógrafo profissional, até ao presente.

A inauguração, a 13 de abril, às 17:30, conta com a presença do fotojornalista, que fará uma visita comentada à exposição que espelha parte do trabalho que publicou em mais de 30 livros de fotografia sobre diversos temas de atualidade, entre eles a revolução do 25 de Abril, a descolonização portuguesa e a invasão do Iraque em 2003.

Em maio, no dia 11, à mesma hora, será realizada uma conversa com Alfredo Cunha e dois jornalistas convidados que acompanharam a vida profissional do autor em períodos diferentes: Ana Sousa Dias e Luís Pedro Nunes.

Alfredo Cunha, nascido em 1953, iniciou em 1970 a carreira profissional em fotografia publicitária e comercial, tendo-se estreado no início dessa década como fotojornalista no Notícias da Amadora.

Colaborou ainda com os jornais O Século e O Século Ilustrado, Vida Mundial, a Agência Noticiosa Portuguesa (ANOP) e as agências Notícias de Portugal e Lusa – Agência de Notícias de Portugal.

Foi editor fotográfico nos diários Público e Jornal de Notícias, e diretor fotográfico da Agência Global Imagens. Também foi fotógrafo oficial dos presidentes da República Ramalho Eanes e Mário Soares, e é Comendador da Ordem do Infante D. Henrique.

Atualmente está a desenvolver diversos projetos editoriais enquanto ´freelancer´, indica um comunicado da Casa da Imprensa. Esta exposição, de entrada livre, esteve patente em 2020 na galeria da Leica Store, no Porto, que apoiou a sua produção. A Casa da Imprensa – Associação Mutualista, legalmente constituída em 1905, é uma instituição particular de solidariedade.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta