Faixa Atual

Título

Artista

Background

Coproduções portuguesas nomeadas para os prémios Platino

Escrito por em 01/04/2022

Dois filmes com coprodução portuguesa, “Valentina” e “Deserto Particular”, estão nomeados para os Platino, os prémios ibero-americanos de cinema e audiovisual, numa edição em que o filme espanhol “O bom patrão” é o mais nomeado, anunciou a organização.

De acordo com a lista de nomeados divulgada, o filme “Valentina”, da realizadora espanhola Chelo Loureiro, coproduzido por Luís da Matta Almeida, está indicado para o Platino de Melhor Filme de Animação.

Valentina, personagem que dá nome ao filme, é uma menina que sonha ser trapezista, mas acha que nunca irá consegui-lo por ter síndrome de Down. “Valentina”, o filme, é um conto musical sobre inclusão e diversidade, já venceu um prémio Goya, em Espanha, e está indicado para os prémios Quirino, que reconhecem o cinema de animação do espaço ibero-americano.

Para o Platino de Melhor Argumento está nomeado o filme “Deserto Particular”, do realizador brasileiro Aly Muritiba, que coassina o guião com Henrique dos Santos, sendo a produção repartida com a portuguesa Fado Filmes, de Luís Galvão Teles.

O filme conta a história de um polícia afastado de funções, Daniel, que atravessa o Brasil à procura de Sara, uma transexual por quem ele se apaixonou através da Internet. “Deserto Particular” foi o candidato do Brasil a uma nomeação para o Óscar de Melhor Filme Internacional.

A nona edição dos Prémios Platino está marcada para 01 de maio em Madrid e, a liderar as nomeações, está o filme espanhol “O bom patrão”, de Fernando Léon de Aranoa. Melhor Filme, Realização, Argumento e Interpretação Masculina, para o ator Javier Bardem, são algumas das categorias nas quais “O bom patrão” está indicado.

Os Prémios Platino são organizados pela Entidade de Gestão de Direitos dos Produtores Audiovisuais e pela Federação Ibero-americana de Produtores Cinematográficos e Audiovisuais.

Marcado como

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta