Faixa Atual

Título

Artista

Background

Teatro Ibérico: Sonho e Alentejo dão mote a “Além”

Escrito por em 22/03/2022

O sonho e o Alentejo dão o mote a “Além”, um texto de João Garcia Miguel com encenação de Rita Costa que se estreia a 07 de abril no Teatro Ibérico, em Lisboa.

O caminho que se faz entre a busca do sonho e o “abandono” da terra, do Alentejo para a grande cidade, e todos os desafios que tal implica, marcam o espetáculo “Além”, que reúne em palco teatro e cante alentejano ao vivo pelo grupo coral feminino Papoilas do Enxoé.

Com interpretação de Helena Baronet e Vanda R. Rodrigues, a peça tem como pano de fundo o Alentejo e algumas das características locais, baseadas na experiência da própria encenadora que veio cedo do Alentejo para Lisboa à procura de uma carreira no mundo do teatro e da encenação, segundo o Teatro Ibérico.

Em cena até 17 de abril, a peça encenada por Rita Costa parte do sonho como tema principal para levar os espectadores a pensarem sobre até onde a ambição e o desejo de algo maior leva cada ser humano e nos desafios e obstáculos que estes têm de ultrapassar para chegar onde querem.

“Ninguém esquece as suas raízes, a sua terra Natal, mas muitas vezes somos obrigados a sair da nossa zona de conforto para encontrarmos uma vida melhor – seja este ‘melhor’ muitas vezes feito de dor e sofrimento. Este espetáculo reflete exatamente isto, levando-nos nesta viagem que simultaneamente nos remete para um debate interior relacionado com a procura incessante pela felicidade”, acrescentou a encenadora.

A peça contará com sessões em Língua Gestual Portuguesa e audiodescrição e também pode ser vista em ´live-streaming` no dia 10 de abril. No último dia da representação, será lançado um livro com o texto da peça, após o que haverá uma conversa informal com as atrizes e a encenadora. A peça terá récitas de quinta-feira a sábado, às 21:00, e, ao domingo, às 17:00.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta