Faixa Atual

Título

Artista

Background

Sérgio Godinho no Teatro Municipal da Covilhã

Escrito por em 21/03/2022

O músico português Sérgio Godinho é um dos destaques da programação do Teatro Municipal da Covilhã (TMC) no mês de abril, que também integrará propostas de música, dança e teatro.

Em nota de imprensa, o TMC especificou que o concerto de Sérgio Godinho está marcado para o dia 22 de abril, às 21:30, e que se insere nas programações do 25 de Abril. “O escritor de canções regressa à Covilhã para um concerto que assinala o 48.º aniversário do 25 de Abril. Às canções mais recentes juntar-se-ão muitas outras, grandes clássicos que fazem parte da nossa vida individual e coletiva”.

Antes disso, no dia 2 de abril, às 16:30, o TMC acolhe a atriz e encenadora Catarina Requeijo, com o espetáculo “Não há duas sem três!”, um monólogo “todo-o-terreno” para toda a família.
“4 Mãos”, por António Jorge Gonçalves e Filipe Raposo, é um concerto para caneta e piano, que sobe ao palco no dia 7 de abril, às 21:30.

“O espetáculo baseia-se num diálogo íntimo entre o desenho digital em tempo real e o piano, num ambiente de improvisação e espontaneidade”, especificou. No dia 9 de abril, às 21:30, será a companhia de dança covilhanense Kayzer Ballet a estrear o espetáculo “Gravity”.

De acordo com a informação, que cita o bailarino e coreógrafo da companhia, Ricardo Runa, esta criação é uma “homenagem à Liberdade”, um espetáculo para fazer refletir e sonhar, caracterizado com movimento contemporâneo e dinâmico. No dia 13, às 21:30, chega a vez de Dada Garbeck.

“The Ever Coming – Cosmophonia” é o mais recente trabalho do músico vimaranense e será apresentado num espetáculo que marca o início da 18.ª edição do Festival Y, organizado pela Quarta Parede. Sérgio Godinho sobe ao palco no dia 22 de abril, às 21:30.

Já no dia 28 de abril, às 21:30, será a A ASTA – Teatro e Outras Artes a apresentar “Lano kaj Neĝo [A Lã e a Neve]”, uma peça que se debruça sobre a obra de Ferreira de Castro “A Lã e a Neve”, um símbolo da identidade social e cultural da Beira Interior.

“Nu Meio – Bailão” é um espetáculo de dança de Filipa Francisco e Bruno Cochat, em cena no dia 30 de abril, às 21:30. “Ironizando a relação de um casal tipicamente português que se refugia no fado e no ‘maldizer’, os intérpretes usam, como base para os seus diálogos, acontecimentos recentes do país/cidade/ocasião em que ‘Nu Meio’ se apresenta”.

Além disso, a partir do dia 6 de abril, estará também patente a exposição “Inventário dos Frutos #4”, que propõe uma reflexão sobre arte e educação, a partir de alguns dos objetos cénico-sonoros icónicos do trabalho artístico desenvolvido ao longo de mais de vinte anos pela Companhia de Música Teatral.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta