Faixa Atual

Título

Artista

Background

Coprodução hispano-portuguesa nomeada para Quirino

Escrito por em 14/03/2022

A coprodução hispano-portuguesa “Valentina”, da espanhola Chelo Loureiro, está entre os nomeados aos Prémios Quirino, que reconhecem o cinema de animação do espaço ibero-americano, e serão entregues em maio, em Tenerife, Espanha.

Os nomeados à edição deste ano dos Prémios Quirino foram hoje anunciados e “Valentina”, coproduzido pelas espanholas Abano, Antaruxa e Gatoverde, com a portuguesa Sparkle Animation, compete na categoria de Melhor Filme de Animação Ibero-Americano.

Além de “Valentina”, que venceu este ano o Goya de Melhor Filme de Animação, estão nomeados na mesma categoria: “Ainbo la guerrera del Amazonas”, de Jose Zelada e Richard Claus, uma coprodução entre o Peru e os Países Baixos, e os filmes brasileiros “Bob Cuspe – Nós não gostamos de gente”, de Cesar Cabral, e “Meu tio José”, de Ducca Rios.

Valentina, personagem que dá nome ao filme, é uma menina que sonha ser trapezista, mas acha que nunca irá consegui-lo por ter síndrome de Down. “Valentina”, o filme, é um conto musical sobre inclusão e diversidade.

A cerimónia de entrega dos Prémios Quirino está marcada para 14 de maio, em San Cristóbal de La Laguna, Tenerife, em Espanha, sendo antecedida, a partir do dia 12 do mesmo mês, pelo Fórum Ibero-Americano de Coprodução e Negócios, dedicado a profissionais de cinema de animação.

Na 5.ª edição dos prémios competem 19 obras, de 12 países, em nove categorias: longas-metragens, séries, curtas-metragens, curtas escolares, obras por encomenda, animação de videogame, desenho de som e música original, desenvolvimento visual e design de animação.

Os Prémios Quirino foram criados em 2018, para reconhecer a produção de quem trabalha no cinema de animação do espaço ibero-americano, dos dois lados do Atlântico. Mais de 20 países, incluindo Portugal, estiveram na criação destes prémios, batizados em homenagem ao realizador italo-argentino Quirino Cristiani.

Marcado como

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta