“A night of knowing nothing” vence LEFFEST

Escrito por em 21/11/2021

O filme “A night of knowing nothing”, da cineasta indiana Payal Kapadia, venceu a 15.ª edição do LEFFEST – Lisbon & Sintra Film Festival, que termina hoje, e será exibido à noite no cinema Nimas.

O anúncio foi feito no sábado à noite, na cerimónia de encerramento do festival, que teve lugar no Centro Cultural Olga Cadaval, em Sintra. “A night of knowing nothing”, que arrecadou o prémio para melhor filme, é um documentário que explora a vida de uma estudante universitária na Índia: L., estudante do Instituto de Cinema e Televisão da Índia, troca cartas com K., o seu namorado, que a irá abandonar por exigência da família, por ela pertencer a uma casta inferior.

Filme epistolar e manifesto político, é também uma obra em defesa do cinema, de um cinema livre, dando conta do que está a acontecer hoje na Índia, cruzando realidade com ficção, sonhos, memórias, fantasias e ansiedades, segundo a organização.

O Grande Prémio do Júri, João Bénard da Costa, foi atribuído a “La Caja”, do realizador venezuelano Lorenzo Vigas, um drama centrado num jovem mexicano, que viaja para recolher os restos mortais do pai, encontrado numa vala comum na paisagem deserta do norte do México.

No regresso a casa, o jovem tem um encontro inesperado com um homem semelhante ao seu pai, que lhe devolve a esperança, recusando-se então a abandoná-lo. O encontro marca o início de uma aventura envolta em dilemas morais, dando forma a uma denúncia política das condições em que decorrem as práticas laborais na América Latina.

O júri que escolheu os vencedores era composto por pelo escritor e Prémio Nobel da Literatura J.M. Coetzee, pelo realizador Emir Kusturica, pela realizadora Maria Speth, pela atriz Dolores Chaplin e pela poeta Ana Luísa Amaral.

Os dois filmes vencedores serão exibidos hoje à noite, o de Payal Kapadia às 21:30, no Cinema Medeia Nimas, em Lisboa, e o de Lorenzo Vigas, às 21:00, no Centro Cultural Olga Cadaval, em Sintra.

Durante a cerimónia, foram ainda atribuídas menções honrosas, nas áreas da interpretação, do argumento e da fotografia. Os distinguidos na área da interpretação foram o ator Samet Yildiz, pelo seu papel em “Brother’s Keeper”, e a atriz Swamy Rotolo, pelo seu desempenho em “A Chiara”.

As distinções na área do argumento foram para Paula Markovitch e Lorenzo Vigas, por “La Caja”, ao passo que na fotografia, a menção foi para Douglas Seok, por “White Building”. O 15.º LEFFEST arrancou no dia 10 de novembro, com o filme “Crónicas de França do Liberty, Kansas Evening Sun”, de Wes Anderson. Pela primeira vez, o festival estendeu-se a Matosinhos, no Norteshopping, em parceria com os Cinemas Nos.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta


[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]