Dia: 08/11/2021

A biografia do escritor norte-americano Philip Roth, as memórias do artista e ativista chinês Ai Weiwei, o primeiro livro de contos de Chico Buarque e o novo romance de Javier Marías são algumas das novidades editoriais de novembro.

O álbum “Tozé Brito (de) Novo” reúne versões novas de algumas das centenas de canções criadas pelo músico e compositor Tozé Brito e é, para o homenageado, uma “boa amostra” daquilo que fez nos últimos 50 anos.

David Bruno foi a pé a um mosteiro em Ermesinde e trouxe o que viria a ser o som de “G de Gandim”, o quinto capítulo de Corona, que vive a noite do Porto na viragem do século.

O Festival Olhares do Mediterrâneo – Women’s Film Festival vai regressar ao Cinema São Jorge, em Lisboa, entre quarta e domingo, com 45 filmes e uma série de atividades pela “causa da visibilidade”.

A média-metragem de origem francesa “Teenage lockdown tale”, que será exibida em Lisboa na sexta-feira, aproveitou o confinamento imposto pela pandemia de covid-19 para mostrar “a fragilidade” dos adolescentes.

O músico Dino D’Santiago vai subir ao palco do Coliseu dos Recreios, em Lisboa, no dia 2 de abril, anunciou a promotora Everything is New.

A cantora Carolina Deslandes acrescentou duas datas extra nos coliseus de Lisboa e Porto, em janeiro do próximo ano, anunciou a promotora.

“O triciclo”, do dramaturgo e cineasta espanhol Fernando Arrabal (1932), é a peça que a Companhia Dois apresenta, no dia 12, no Cine-Teatro de Torres Vedras.

Poesia, diários, transcrições e letras preenchem “A obra completa de Jim Morrison”, artista, cantor e poeta americano da segunda metade do século XX, que é lançada, na sexta-feira, na livraria Ler Devagar, em Lisboa.

“Filoctetes” é a peça que a Hipérion Projeto Teatral apresenta no Centro Cultural Malaposta, em Olival Basto (Odivelas), de 11 a 21 de novembro.

“O barbeiro de Sevilha”, um espetáculo com atores e marionetas a partir de Rossini, direcionado para crianças e famílias, está em cena no Teatro Municipal Joaquim Benite, em Almada, nos dias 13 e 14 de novembro.

Uma história real de incesto e parricídio está na base da peça “Beatrix Cenci”, que o Teatro Experimental de Cascais (TEC) estreia no sábado, no Teatro Municipal Mirita Casimiro, nesta vila, assinalando o 56.º aniversário da companhia.


[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]