Cinema de Salomé Lamas em retrospetiva em Londres

Escrito por em 14/09/2021

O cinema da realizadora e artista visual portuguesa Salomé Lamas estará em retrospetiva a partir do dia 24 no Instituto de Artes Contemporâneas, em Londres, revelou a organização.

O ciclo tem por título “Fluid Realities” e apresentará filmes e obras audiovisuais de uma década de trabalho de Salomé Lamas; uma “obra prolífica” que “não pode ser encaixada em qualquer género ou paradigma”, sublinha o instituto londrino.

“O impulso criativo de Salomé Lamas transparece através de um forte sentido de rutura e de um desejo de confronto e desafio das narrativas que dominam o nosso tempo”, lê-se na nota de apresentação do ciclo.

Até 3 de outubro, o Instituto de Artes Contemporâneas irá exibir, entre outros, “Terra de ninguém” (2012), sobre um antigo mercenário durante a guerra colonial, e “Eldorado XXI”, filme que rodou junto de uma comunidade mineira nos Andes peruanos.

“VHS: Video Home System”, de 2010, a vídeo-instalação “Extinção” (2018) e “Hangar, Metro, Terminal”, obra que Salomé Lamas criou para a Bienal de Arquitetura de Veneza de 2018, também integram o ciclo londrino.

Salomé Lamas, nascida em Lisboa, em 1987, tem uma prática de cinema que se expande além do grande ecrã em sala, com a direção de curtas e longas-metragens e de objetos cinematográficos e visuais para galerias de arte e museus de arte contemporânea.

O seu trabalho tem sido exibido tanto em contextos artísticos como em festivais de cinema tais como Berlim, Museo Arte Reina Sofia, Museu do Chiado, DocLisboa, Cinema du Réel, Visions du Réel, MoMA, Guggenheim Bilbao, Harvard Film Archive, Jewish Museum de Nova Iorque, Fid Marseille, Viennale, Culturgest, Centro Cultural de Belém, Hong Kong Film Festival, Museu de Serralves, Tate Modern, entre outros.


Opnião dos Leitores

Leave a Reply


[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]