Dia: 27/07/2021

Joe Jackson atua em Portugal, em abril de 2022, no dia 29, no Coliseu do Porto e, no dia seguinte, no Coliseu dos Recreios, em Lisboa.

O Festival Manta está de regresso ao jardim do Centro Cultural de Vila Flor, em Guimarães, com três concertos, nos dias 10 e 11 de setembro, que incluem atuações da espanhola Sílvia Pérez Cruz e da brasileira Mallu Magalhães.

A Casa das Artes Bissaya Barreto, em Coimbra, organiza durante este verão mais uma temporada de concertos no seu jardim, recebendo atuações de Maria Reis, Passepartout Duo e Julinho da Concertina.

A estreia das peças de teatro “Pais & Filhos”, de Pedro Penim, e “Sou uma Ópera, um Tumulto, uma Ameaça”, de Cristina Carvalhal, vão marcar a ‘rentrée’, em setembro, do São Luiz Teatro Municipal, em Lisboa.

A exposição “Surrealismo para além das fronteiras”, que abre em Nova Iorque, em outubro, e segue depois para Londres, em 2022, vai incluir obras de cinco artistas lusófonos, como Malangatana, Fernando Lemos e António Pedro, confirmou a Tate.

A Galeria Casa Amarela e Sala da Nora vão ter patente ao público até ao dia 19 de setembro a exposição “Granito – 60 anos de Rock’n’Roll em Castelo Branco”.

O Festival Semibreve vai regressar a Braga entre 28 e 31 de outubro, com um programa de concertos, instalações, oficinas e conversas que inclui sete estreias mundiais.

Doze filmes, entre os quais “Nous”, de Alice Diop, e “Les Sorcières de L’Orient”, de Julien Faraut, integram a competição internacional do Festival de Cinema IndieLisboa, que começa a 21 de agosto.

Obras em videoarte dos artistas Cristina Ataíde, Pedro Calapez e Ema Ramos estão entre as 16 selecionadas para concurso no festival Fuso – Anual de Videoarte Internacional de Lisboa, que abre sob o mote “Na Fronteira”.

O encenador Ricardo Correia apresenta em Coimbra “Huis Clos – A Europa entre 4 paredes”, um espetáculo feito a partir de cinco peças curtas, que refletem sobre a covid-19, mas também sobre outras ‘pandemias’ que persistem na Europa.

Seis espetáculos protagonizados por mulheres artistas, incluindo teatro, dança, performance e instalação, compõem o cartaz da primeira edição do Festival Rascunho, que vai decorrer em Évora, a partir de quarta-feira.

O Festival Verão Clássico abre no dia 1 de agosto, em Lisboa, com 200 jovens músicos, de mais de 20 nacionalidades, selecionados para as diferentes ‘masterclasses’ orientadas por intérpretes e professores de “grande reputação internacional”.


[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]