Dia: 26/07/2021

A peça “Quem matou o meu pai”, do dramaturgo francês Édouard Louis, foi escolhida como “espetáculo de honra”, pelo público desta edição do Festival de Almada, para ser novamente apresentada em 2022.

O encenador António Pires estreia na quarta-feira a peça “Sonho”, do dramaturgo sueco August Strindberg, no Museu Arqueológico do Carmo, nas ruínas da antiga Igreja do Carmo, em Lisboa, anunciou a produtora Ar de Filmes.

A coleção literária Penguin Classics (em português “Clássicos”) vai estrear-se em Portugal, no dia 24 de agosto, com sete títulos, incluindo a primeira publicação nacional de “Triste Fim de Policarpo Quaresma”, de Lima Barreto.

O concerto do saxofonista Peter Brötzmann, que abriria no dia 29 o festival Jazz em Agosto, em Lisboa, foi cancelado, anunciou a Fundação Calouste Gulbenkian.

O músico e compositor português JP Coimbra passou, a partir de hoje, a integrar a editora e agência britânica Manners McDade.

Filmes de Pedro Almodóvar, Ridley Scott, Jane Campion e Sorrentino integram em setembro o festival de cinema de Veneza, cuja 78.ª edição foi hoje anunciada, sem filmes portugueses na seleção oficial.


[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]