Manuel João Vieira e homenagem a Vasco Granja no Play

Escrito por em 22/06/2021

Um cine-concerto de Manuel João Vieira, uma homenagem ao divulgador Vasco Granja e cerca de 150 filmes estão prometidos para o oitavo Play – Festival Internacional de Cinema Infantil e Juvenil, que começa no sábado, em Lisboa.

O Play deveria ter acontecido em fevereiro, no cinema São Jorge e na Cinemateca Júnior, mas foi empurrado para o verão, por causa da pandemia da covid-19, o que permitiu à organização alargar a seleção de filmes para esta edição.

As sessões do Play estão divididas por grupos etários – dos bebés aos pré-adolescentes – e a escolha dos filmes é feita em festivais internacionais, reconhecidos pela qualidade e pelas temáticas abordadas.

“Procuramos em festivais como Berlim e depois tentamos que sejam adequados a temáticas de cada faixa etária”, afirmou à Lusa a programadora Catarina Ramalho. Para os mais velhos são propostos filmes com temáticas da atualidade, como a guerra, a pandemia; para os mais novos há filmes sobre identidade, sobre ser diferente; e, para os bebés, os filmes – de muito curta duração – giram em torno da música, das formas e do sons.

Entre os filmes a exibir no Play estão, por exemplo, “Felicidade de A a Z”, de John Sheedy, “Ladrãozinho”, de Nicole Vanden Broeck, “Mesa”, de João Fazenda, “A turma da Mónica”, de Daniel Rezende, e “Kapaemahu”, de Hinaleimoana Wong-Kalu, Dean Hamer, Joe Wilson e Daniel Sousa.

Haverá ainda duas sessões de homenagem ao divulgador e apresentador Vasco Granja, com a exibição de alguns dos filmes e séries que ele promoveu num programa regular na RTP, entre os anos 1970 e 1990.

Segundo Catarina Ramalho, foi possível aceder às apresentações de Vasco Granja a partir de cassetes VHS guardadas pela filha, uma vez que os registos já não constam nos arquivos da RTP. “Vamos exibir os filmes mais emblemáticos, é uma proposta intergeracional e com as apresentações dele. Portanto, vamos ouvir o ‘Olá amiguinhos'”, afirmou a programadora.

A 3 de julho, o Play acolherá um cine-concerto do músico Manuel João Vieira. “Propusemos-lhe fazer música para umas curtas-metragens de realizadores italianos dos finais dos anos 1970. São deslumbrantes a nível visual”.

Manuel João Vieira irá narrar e tocar a solo na exibição de quatro curtas-metragens italianas, de Emanuele Luzzati e Giulio Gianini. Nesta edição, o festival contará ainda com a presença da realizadora russa Natalia Chernysheva e da realizadora portuguesa Inês Oliveira, de quem vão ser exibidas várias curtas-metragens, estando também previstos encontros com o público.

“A ideia do Play é que o diálogo com o público seja acessível. É mesmo para as crianças, não é para os pais. Estamos disponíveis para todas as perguntas que eles possam ter. [Os convidados] têm de estar preparados para subir ao nível dos pequenos espectadores e explicar o que é fazer cinema”, afirmou Catarina Ramalho.

Destaque ainda para uma das sessões na Cinemateca Júnior que exibirá filmes franceses dos primórdios do cinema, de finais do século XIX, de Eugène Pirou, Henri Joly e Ernest Normandin. “Vistos pela primeira vez em Paris nos anos de 1896 e 1897, e logo em seguida distribuídos para muitos outros países, incluindo Portugal, estes curtos filmes mostram-nos vistas de Paris e do mundo, chegadas de comboios, desfiles festivos e militares, atividades de lazer das classes burguesas, pequenas encenações cómicas e reproduções de êxitos de outras artes do palco”, lê-se na sinopse.

O Play – Festival Internacional de Cinema Infantil e Juvenil decorrerá nos dias 26 e 27 de junho, 03 e 04, 17 e 18 de julho, com programa para crianças e famílias, e sessões durante a semana para escolas.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta


[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]