Dia: 16/06/2021

Catorze tocadores de instrumentos tradicionais da Alta Estremadura juntam-se numa peça multimédia que representa Leiria Cidade Criativa da Música UNESCO na ‘Fête de la Musique’, assinalando o Dia Mundial da Música a 21 de junho.

O Prémio Acesso Cultura 2021 (PAC) – Acesso Integrado foi atribuído ex aequo à Casa Fernando Pessoa e ao São Luiz Teatro Municipal, ambos em Lisboa, anunciou hoje o júri do galardão instituído pela Acesso Cultura – Associação Cultural.

A Covilhã já submeteu candidatura a Cidade Criativa da UNESCO na área de ‘design’, anunciou hoje aquela autarquia do distrito de Castelo Branco.

O novo romance da escritora britânica Susanna Clarke, “Piranesi”, tem como figura inspiradora o arquiteto e gravador italiano Giovanni Battista Piranesi (1720-1778), e é publicado em Portugal na próxima terça-feira, divulgou hoje a editora Casa das Letras, do Grupo Leya.

O quarteto do contrabaixista Miguel Ângelo atua na próxima sexta-feira no Jazz no Parque, na Maia, no distrito do Porto. O músico assina a composição dos temas de “Dança dos Desastrados” que sucede a “Vida de X”, álbum de 2016, e o quarteto completa-se com João Guimarães (saxofone), Joaquim Rodrigues (piano) e Marcos Cavaleiro (bateria).

“Sou um ator” é o tema da ‘masterclass’ que Diogo Infante orienta no sábado, às 17:30, no Teatro da Trindade, que dirige, em Lisboa.

A Associação Portuguesa de Serviços Técnicos para Eventos vai manifestar-se em 30 de junho, em Lisboa, devido às “medidas inexplicáveis” do Governo para o setor, nomeadamente a obrigatoriedade de realização de testes à covid-19 nos eventos culturais.

A peça “Lisboawood”, com texto e encenação de João Cachola e música dos Zarco, sobe hoje ao palco do Teatro Meridional, em Lisboa, para pensar em palco questões de gentrificação, especulação e turismo.

Os estúdios de efeitos visuais Nu Boyana Portugal, sediados em Braga, querem criar um ecossistema na cidade, ligado ao cinema e audiovisual, para captar mais investimentos e emprego, disse o diretor, Pedro Domingo.

O Lisboa Mistura regressa este ano, nos dias 25, 26 e 27 de junho, desta vez ao Jardim do Palácio Pimenta – Museu de Lisboa, com um cartaz que inclui espetáculos de Selma Uamusse e Stereossauro e a Festa Intercultural.

As peças “Relação abusiva” e “Mulheres à beira do precipício”, da dramaturga brasileira Luciene Balbino, estão em cena no Auditório Carlos Paredes, em Benfica, em Lisboa, até 15 e 18 de julho, respetivamente.

Os amigos Michel e Taylor são as personagens centrais do espectáculo “Achas para a fogueira”, de Antoine Defoort, que vai ocupar a Sala Garrett do Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa, na quinta e na sexta-feira.


[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]