Faixa Atual

Título

Artista

Background

“António e Cleópatra”, de Tiago Rodrigues, em cena em Espanha

Escrito por em 11/06/2021

A peça “António e Cleópatra”, um texto de Tiago Rodrigues com citações do texto homónimo de Shakespeare, sobe hoje ao palco do Centro de Cultura Contemporânea Condeduque, em Madrid, onde terá duas representações.

Neste espetáculo, que voltará a subir ao palco na mesma sala espanhola até domingo, Sofia Dias e Vítor Roriz dão corpo a Marco António e Cleópatra, levando os espetadores a verem o mundo através da sensibilidade do soldado romano e da rainha do Egito.

“Se dizemos um dos nomes, o outro surge de seguida”, pois “a nossa memória não consegue evocar um sem o outro”, refere Tiago Rodrigues a propósito do casal romântico de quem Plutarco disse que, a partir deles, “o amor passou a ser a capacidade de ver o mundo através da sensibilidade de uma alma alheia”.

A partir do romance do casal que viveu uma história de amor que ficou para sempre, Tiago Rodrigues construiu uma peça, que dirige, em que António vê o mundo pelos olhos de Cleópatra e esta vê o mundo pelos olhos de António.

Santiago de Compostela, França, Suíça, Canadá e Holanda são alguns dos países onde a peça já foi representada. Construída a partir de citações de “António e Cleópatra”, de William Shakespeare, com tradução de Rui Carvalho Homem, a peça tem encenação de Tiago Rodrigues.

A cenografia desta peça estreada em dezembro de 2014 no Centro Cultural de Belém (CCB) é de Ângela Rocha que também assina os figurinos com Magda Bizarro. A música da peça contém excertos da banda sonora do filme “Cleópatra”, dirigido em 1963 por Joseph L. Mankiewicz, protagonizado por Richard Burton e Elizabeth Taylor.

De 23 a 25 de julho, outra peça de Tiago Rodrigues — “Catarina e a beleza de matar fascistas” — subirá ao palco do Wiener Festwochen, em Viena (Áustria). De 5 a 7 de julho, no Festival d’Avignon (França), Tiago Rodrigues apresentará “O cerejal”, com texto de Anton Tchekhov que encena e que contará com a interpretação de Isabelle Huppert.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta