Museus e galerias podem estar abertos até às 22:30

Escrito por em 01/04/2021

Os museus, monumentos, palácios, sítios arqueológicos e galerias, que podem reabrir a partir de segunda-feira, podem estar abertos até às 22:30 aos dias de semana e 13:00 aos fins de semana e feriados, anunciou hoje o Governo.

De acordo com o comunicado do Conselho de Ministros de hoje, “museus, monumentos, palácios e sítios arqueológicos ou similares, nacionais, regionais e municipais, públicos ou privados, bem como de galerias de arte e salas de exposições encerram às 22:30, durante os dias de semana, e às 13:00, aos sábados, domingos e feriados”.

A reabertura destes equipamentos culturais, prevista no ‘plano de desconfinamento’ do Governo, foi confirmada hoje pelo primeiro-ministro, António Costa, em conferência de imprensa, no final do Conselho de Ministros.

No que às atividades culturais diz respeito, o ‘plano de desconfinamento’ do Governo prevê que a reabertura de salas de espetáculos, teatros, auditórios e cinemas seja possível a partir de 19 de abril.

Segundo o Ministério da Cultura, num comunicado divulgado após o Conselho de Ministros de hoje, esses equipamentos culturais poderão reabrir “com as mesmas regras que existiam à data do seu encerramento”.

“Os horários de fecho diário serão às 22:30 nos dias úteis e às 13:00 nos fins de semana e feriados e aplicam-se as regras de funcionamento constantes da Orientação 028/2020, da DGS [Direção-Geral da Saúde], ainda em vigor”, lê-se no comunicado.

O horário de encerramento destas salas é assim alargado em meia hora, em relação ao que tinha sido anunciado pela Inspeção-Geral das Atividades Culturais (IGAC), em 18 de março, e depois reiterado no dia 25 do mesmo mês.

Num esclarecimento publicado em 18 de março no seu ‘site’ oficial, e acessível pelo menos até às 18:00 de hoje, a IGAC refere que “o horário de encerramento das salas de espetáculos/cinemas/auditórios/teatros é às 22:00 durante a semana e às 13:00 ao fim de semana e feriados”.

Num outro esclarecimento, divulgado uma semana depois, e no qual a IGAC anunciava que as regras de funcionamento das salas de espetáculos, cinemas e outros equipamentos culturais, este ano, se mantêm as mesmas definidas em maio de 2020, pela DGS, esses horários eram reiterados.

Na apresentação do ‘plano de desconfinamento’ do Governo, em 11 de março, o primeiro-ministro, António Costa, salientou que o processo de reabertura será “gradual e está sujeito sempre a uma reavaliação quinzenal, de acordo com a avaliação de risco” adotada.


Opnião dos Leitores

Leave a Reply


[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]