Mês: Março 2021

Várias gravações inéditas de Mário Viegas, feitas em 1969 para um médico de Vila Real levar consigo para a guerra colonial, foram agora reveladas e estão a ser editadas para um audiolivro que deverá ser publicado em maio.

O teatromosca apresenta, de 8 a 11 de abril, no Teatro São Luiz, em Lisboa, a reposição do espetáculo teatral “Ned Kelly”, inspirado naquela que se tornaria uma das mais emblemáticas e polémicas personagens da Austrália, Edward “Ned” Kelly.

Uma peça de teatro adaptada da série ‘Game of Thrones’ está em preparação para 2023, com a colaboração do autor da saga George R. R. Martin, anunciou hoje a produção.

O romance “Os Amores do Senhor Nishino”, de Hiromi Kawakami, é publicado na próxima terça-feira, anunciou a Casa das Letras que chancela a obra.

Um romance de Joseph Roth, com quase um século mas inédito em Portugal, vai ser publicado em abril, mês em que chegam também novos livros de Sally Rooney, Djaimilia Pereira de Almeida, Michel Houellebecq e Eduardo Halfon.

O novo livro de poesia de António Cabrita, “Tristia [um díptico e meio]” é publicado na quinta-feira, na coleção “Elogio na Sombra”, dirigida pelo escritor Valter Hugo Mãe, para a Porto Editora.

A primeira edição do NOMA AZORES – Festival Internacional de Cinema de Direitos Humanos acontece de 27 a 31 de julho, no Teatro Micaelense, em Ponta Delgada, e está a receber candidaturas de filmes até 31 de maio.

A pintora portuguesa Paula Rego vai estar em destaque este verão no museu Tate Britain, em Londres, que confirmou uma grande retrospetiva da obra entre 07 de julho e 24 de outubro, um mês depois do previsto.

A organização da feira de arte ARCOlisboa decidiu atrasar para os dias entre 16 e 19 de setembro o certame previsto inicialmente para maio e realizá-lo na Doca de Pedrouços, o que permitirá descobrir “um novo e surpreendente espaço”.

O primeiro jogo da franquia Resident Evil foi lançado há 25 anos. Neste episódio do podcast, o anfitrião fala sobre esta saga, sobre “zombie dogs” e, claro, os filmes não foram esquecidos.

A exposição “René Lalique e a Idade do Vidro”, patente no Museu Calouste Gulbenkian, em Lisboa, reabre a 6 de abril, data do aniversário de nascimento do artista, e ficará patente até 12 de abril.

A próxima edição do Festival Internacional de Cinema – IndieLisboa, que deveria começar a 29 de abril, foi adiada para agosto, em consequência das restrições do plano de desconfinamento em tempo de pandemia.


[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]