Dia: 13/02/2021

A venda de livros, que volta a ser permitida em estabelecimentos comerciais já abertos no renovado estado de emergência, é “uma pequena boa notícia” para editores e livreiros, mas é pedida “coragem” política para reabrir livrarias.

O mundo da arte mostra resistência à pandemia e para 2021 estão marcadas aberturas de novos museus em Paris, Oslo ou Los Angeles, com exposições de arte contemporânea, cinema, pintura, moda ou arqueologia, segundo um levantamento da agência EFE.

A pandemia voltou a confinar a dança, mas os profissionais não param. Há coreógrafos que estão a criar aulas online para crianças e jovens, bailarinos profissionais em teletrabalho, apresentações virtuais de espetáculos, à espera da “reabertura da vida”.

O Plano Nacional das Artes (PNA) já veio “despentear” duas escolas em São Miguel, com a residência da realizadora Cláudia Varejão, e há outras duas escolas da ilha que se preparam para criar projetos no próximo ano.

As aulas de kuduro e afro house da dançarina portuguesa de origem angolana Selma Mylene são agora online, uma distância que não afasta os fãs que a seguem por todo o mundo para conseguirem um corpo “ligado à corrente”.


[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]