“Les choses qu’on dit (…)” lidera nomeações aos Césares

Escrito por em 10/02/2021

O filme “Les choses qu’on dit, les choses qu’on fait”, de Emmanuel Mouret, competindo em 13 categorias, lidera as nomeações aos prémios do cinema francês Césares 2021.

Segundo a Academia dos Césares, “Les choses qu’on dit, les choses qu’on fait” faz o pleno nas principais categorias, conseguindo nomeações de Melhor Filme, Melhor Realizador, Melhor Argumento Original e em cinco das seis categorias de interpretação.

Camélia Jordana está nomeada para Melhor Atriz, Niels Schneider para Melhor Ator, Émilie Dequenne para Melhor Atriz Secundária, Vincent Macaigne para Melhor Ator Secundário e Julie Piaton para Atriz Revelação.

“Les choses qu’on dit, les choses qu’on fait”, com realização e argumento de Emmanuel Mouret, foca-se na relação de Daphne (Camélia Jordana) e Maxime (Niels Schneider). Daphne, grávida de três meses, cria laços com o primo do namorado, Maxime, enquanto espera que este se junte a ela para umas férias no campo.

Pelo César de Melhor Filme, competem também “Adieu les cons”, de Albert Dupontel, “Adolescentes”, de Sébastien Lifshitz, “Antoinette dans les Cévennes”, de Caroline Vignal, e “Verão de 85”, de François Ozon.

Os filmes de Albert Dupontel e de François Ozon reúnem 12 nomeações cada, incluindo a categoria de Melhor Realizador. As outras duas longas-metragens que competem pelo César de Melhor Filme reúnem oito, “Antoinette dans les Cévennes”, e seis nomeações, “Adolescentes”, cada. “Adolescentes” está também nomeado para Melhor Documentário e Melhor Realizador. A 46.ª cerimónia dos Césares está marcada para 12 de março, no Olympia, em Paris.


Opnião dos Leitores

Leave a Reply


[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]