OML suspende atividades performativas até 31 de março

Escrito por em 04/02/2021

A Orquestra Metropolitana de Lisboa (OML) suspendeu todas as atividades performativas até dia 31 de março, na sequência da renovação do estado de emergência decretado pelo Governo, devido ao agravamento da situação pandémica, anunciou hoje a instituição, em comunicado.

Face a esta decisão, a AMEC/Metropolitana informa que quem tiver bilhete para os eventos cancelados poderá pedir a devolução do seu dinheiro no mesmo local de venda onde o comprou.

As atividades performativas da OML e de todas as suas formações académicas (Academia Nacional Superior de Orquestra, Escola Profissional da Metropolitana e Conservatório de Música da metropolitana) tinham sido já suspensas entre os dias 15 e 31 de janeiro, período para o qual foi decretado o estado de emergência.

Contudo, a sua renovação – com efeitos a partir de 31 de janeiro e até ao dia 14 de fevereiro -, levou a Metropolitana a estender a suspensão de todas as artes performativas.

Fotografia da OML por Marcelo Albuquerque.


Opnião dos Leitores

Leave a Reply


[Nenhuma estação de rádio na Base de dados]